Ancoradouro

Sobre o Baixo Nível da Tv Brasileira

logo

O nível de conteúdo da programação da Tv brasileira está cada vez pior. Cenas e palavras xulas podem ser vistos, praticamente, em qualquer horário.

Domingo torna-se o campo de batalha para as emissoras. Tem as que investem no sensacionalismo paternalista e assistencialista como é o caso da Rede Record com o Programa do Gugu. Nesse tipo de programa as situções de forte apelo social são exploradas ao máximo. Isso tem rendido à emissora o segundo lugar no Ranking.

Já a veterana Rede Globo passa por apertos. Seu programa dominical Fantástico registra declínio contínuo de audiência. A produção já promete mudanças. Será a “apelação”  a saída encontrada pela emissora?

Entretanto a baixaria maior da Tv brasileira concentra-se no programa Pânico, da Rede TV! Palavras de baixo calão, gestos obcenos, depreciação da pessoa humana, exposição do outro à ridicularização são alguns dos ingridientes que tornam o programa um dos mais assistidos do país no horário.

Tudo no programa é agressivo e apelativo, extrapola os limites do popularesco.

Quem poderia intervir em programas desse naipe? Eles não acrescentam nada à cultura, ao conhecimento, na verdade funcionam de modo inverso. Um personagem que se tornou mascote do Pânico aparece fumando em diversas ocasiões, coisa politicamente incorreta, isso para não falar das cenas de violência física e verbal.

Mais de quem esperamos uma postura educativa e corretiva vemos um comportamento contrário. O Senador Eduardo Suplicy, por exemplo, vestiu uma cueca por cima do paletó e desfilou na casa parlamentar para atender pedido  da repórter do programa que é presença marcada toda semana no Senado.

Para quem não se conforma com esse tipo de programação resta o canal da Campanha “Quem financia a baixaria é contra a cidadania”, 0800 619 619. Notas de repúdio, posts como esse, tweets  e e-mail às emissoras podem ser outra alternativa. O importante é manifestar nossa indignação diante de um serviço que é oferecido numa concessionária pública, como é a televisão.

Recomendado para você