Ancoradouro

Falece Pe. Caetano de Tillesse

 Faleceu na manhã deste dia primeiro de janeiro, horas depois de um novo ano, Pe. Caetano Minette de Tilesse. Que há mais quatro décadas na paróquia do Cristo Redentor evangelizou e trabalhou pelo o outro.

 O sacerdote fundou o Instituto Religioso Nova Jerusalém, que congrega homens e mulheres, para uma vida religiosa e tem como carisma as Sagradas Escrituras. O sacerdote é conhecido tanto no meio religioso como social.

Foi lhe dado o título de Exegeta, foi homenageado na Assembléia Legislativa como Cidadão Cearense. Há mais ou menos dois anos sua saúde foi agravada, e hoje dia primeiro aconteceu à páscoa deste profeta.

Nascido: 07/06/1925. Faleceu: 01/01/2010

Conhecendo o Sacerdote

O Sacerdote, belgo, da congregação dos padres cistercienses. Seu ingresso se deu aos dias 11 de fevereiro de 1946 no Mosteiro dos Cistercienses Trapistas de Orval também na Bélgica, e permaneceu até março de 1968, durante este período tivera uma forte experiência de 22 anos de silêncio e contemplação.

Lá ele estudou Filososfia e Teologia, no próprio Mosteiro, e no ano de 1952 foi enviado para Roma, para tirar licenciatura em Bíblia e voltando para o Mosteiro de onde saira dos Cistercienses Trapistas, lecionou durante 11 anos. Chegou ao Brasil em 28/03/1968, foi acolhido no mosteiro de São Bento, Salvador.

Em novembro do mesmo ano chegou em Fortaleza, mais precisamente no bairro do Pirambu (Cristo Redentor). Padre Caetano, muito conhecido pelo seu trabalho evangelizador. Podemos destacar várias obras, detre elas ressalto a que acoteceu dias 07 de março de 1975 foi enviada uma carta para o presidente da Câmara dos Vereadores, solicitado que o bairro passasse a ser chamado Cristo Redentor.

No dia 02 de maio de 1975 sai no diário oficial a autorização para que o bairro passasse a ser chamado Cristo Redentor. Pe. Caetano foi o idealizador da planta do bairro. Podemos observar através dos nomes das ruas são nomes de santo, citamos: Rua Santa Eliza, São Raimundo, Santa Inês e outras.

Colaborou neste pôst Márcia Brandão de Andrade

Recomendado para você