Ancoradouro

E Vós Quem Dizeis Que Eu Sou?

Tudo parecia mais uma ida ao centro de Fortaleza para almoço com amigo e retorno ao trabalho, mas não. Algo no comum da agitação me chamou a atenção, e mais, questionou-me. Foram os pobres, um grupo de engraxates na praça, o pedinte na parada do ônibus, um senhor que mais parecia um embrulho humano acomodado em um carrinho, também a pedir  auxílio aos transeuntes.

Como martelo a bater na rocha, cada cena quebrantou meu coração que desembaçou sua visão míope e fez ecoar  dentro de mim a pergunta, E vós quem dizeis que eu sou? Esta indagação foi feita por Jesus aos discípulos depois destes dizerem ao mestre quem os outros pensavam quem ele era.

Recordei-me da mentalidade errônea e perigosa da teoria da prosperidade, oriunda do protestantismo norte-americano. A tal corrente emite um julgamento positivo sobre as pessoas que enontraram uma estabilidade social e econômica. Elas são classificadas de abençoadas por Deus, vencedoras, barões e baroas da fé. E os pobres, quem diz essa corrente o que são?

Bem, não importa a resposta da teoria da prosperidade, afinal era eu que estava sendo indagado, muito embora , de forma velada concordasse que a pobreza fosse uma espécie de maldição, assim como pensavam os antigos e hoje os pós-modernos ligados à corrente referida. Foi diante da questão insurgente que pude dar um passo na fé, olhar para o pobre noutra perspectiva,vê-lo como irmão, alguém necessitado de ajuda em vários aspectos.

Quando abrimos os olhos e observamos o que se encontra à nossa volta percebemos novamente Cristo a reclamar amor, compaixão, solidariedade. As oportunidades não faltam, multiplicam-se. Cabe a cada um responder conforme seja interpelado.

Campeões da Solidariedade

Nessa perspectiva recordei-me da Campanha Campeões da Solidariedade, ação do Grupo O Povo de Comunicação e do Governo do Estado através da Secretaria da Fazenda. Várias instituições disputam uma premiação a fim de colaborarem em suas obras de ação social e promoção humana.

O Shalom e os pobres

Uma das riquezas da Comunidade Católica Shalom, associação internacional de fieis surgida em Fortaleza, são os pobres. Vários projetos alavancam a solidariedade e o voluntariado na Comunidade em seu  trabalho com crianças em situação de risco social, adictos das drogas, moradores de ruas, entre outros.

Você que leu este pôst e sente o impulso de ajudar a quem menos possui pode fazer um gesto concreto particpando da Campanha. É muito simples. Basta seguir os passos:

Votação pela internet

Em www.opovo.com.br/campeoesdasolidariedade , clicar em:

Votação, em seguida acesse o link Associação Shalom de Promoção Humana. Digite seu nome e-mail e clique em finalizar voto.

O processo continua e você precisa acessar a conta do e-mail digitado no site. Observe que se a mensagem não estiver na caixa de entrada procure-a entre os spams ou na lixeira.Clique no link e você terá confirmado seu voto.

Você pode votar com todas as suas contas de e-mails ficando proibido o uso de quaisquer outros mecanismos que possam forjar votos inexistentes. Isso não é lícito para nós cristãos.

Entrega de cupons fiscais

Exija a nota fiscal de suas compras e as deposite nas urnas espalhadas nas casas da Comunidade Shalom. Você ainda pode recolher no seu prédio, no seu trabalho, colégio, faculdade e em seguida entregá-las no Shalom.

Maiores informações:

3086 2613 ou 8896 4099, falar com o Pereira.

Recomendado para você