Ancoradouro

Cinco Ameaças às Famílias

Carmadélio Silva, consagrado na Comunidade de Aliança Shalom fez a segunda pregação do Congresso das Famílias que teve como tema o mesmo do evento. O pregador iniciou alertando que as famílias necessitam retornar ao plano originário de Deus para elas. O pregador ainda apresentou riscos apresentados na atualidade às famílias.

1.

Concepção naturalista do matrimônio

Esta mentalidade reduz o matrimônio a mera união natural. A Igreja elevou essa condição a sacramento o que implica dizer que o matrimônio é sinal visível de uma realidade invisível muito amor. Ele é sinal do amor entre Cristo e a Igreja. A condição existe e é importante, contudo não é determinante para a estabilidade de uma união.

2.

Modelo de famílias alternativas

Os modelos de famílias alternativas minam o padrão conceitual de família. Eles surgirão a apatir do divórcio e da militância homossexual. A igreja defende o modelo de família como a união entre homem e mulher abertos à vida, à procrição. Tal defesa não se retringe à esfera religiosa mas obedece à lei natural que rege o homem.

3.

A ideologia do gênero

Nesta ideologia homem e mulher decidem se de fato querem ser homem e mulher. Ela não respeita a condição natural do sexo determinada na criação de cada pessoa. Em resumo, homem e mulher são criados por Deus assim , ela não é adquirida nem pode ser mudada pela cultura.

4.

Rompimento violento entre união e procriação

Constata-se cada vez mais que as mais até desejam se unirem matrimônio mas demonstram fechamento à vida, à procriação. Recorrem a métodos contracptivos artificiais barrando o dom dos filhos. O matrimônio cristão observa o sexo como expressão máxima da união do casal e abertura à vida.

5.

Cultura de morte

Nossas famílias são ameaçadas pela cultura de morte cada vez amis disseminadas. O Plano Nacional de Direitos Humanos do Governo Federal é um exemplo típico dessa cultura que ameaça a sociedade. Descriminalizar o aborto, promover a adoção homoparental e coibis  amnifestação pública dos valores religiosos culturais do cidadão põe em risco a sadia convivência entre as pessoas.

Recomendado para você