Ancoradouro

Repúdio às Charges do jornal Folha de São Paulo Ofensivas ao Papa Bento XVI

34.203.28.212 /ancoradouro/2010/03/30/repudio-a-charges-do-jornal-folha-de-sao-paulo/
364 Seja o primeiro a comentar

Deixamos registrado no ANCORADOURO nosso répúdio ao jornal Folha de São Paulo pela veiculação de duas charges desreispeitosas ao papa Bento XVI publicadas nos dias 22 e 23 de março.

Resguardados pela mesma democracia que protege o jornal pedimos respeito à nossa fé e seriedade na divulgação de notícias relacionadas a assuntos tão sérios. Apenas espargir manchetes a fim de levantar polêmica e eivar o nome do líder máximo da Igreja Católica  não condiz com a seriedade e credibilidade do referido jornal.

 O santo padre tem feito sua parte, com intrepidez não se calou diante da polêmica e esta não é uma postura de agora. O caso citado pelo jornal no editorial Imperdoável, de domingo, 28, faz referência à denúncia do TYT contra um sacerdote que abusou de diversa crianças.

O caso foi devidamente julgado na época, inclusive pela justiça comum, e conforme divulgado – não com a mesma amplitude da denúncia – em documentação publicada pelo mesmo New York Times é desmentida a tese segunda a qual o cardeal Joseph Ratzinger não teria sido suficientemente enérgico ao gerenciar o caso do padre norte-americano culpado pelo abuso de várias crianças. Leia aqui.

Que o estado democrático não seja utilizado como  desculpa para  ataques à imagem de um líder religioso que promove a justiça diante do erro cometido por alguns de seus liderados.

Convido aos católicos a entrarem em contato com o ombudsman (ouvidor) do jornal Folha de São Paulo. Por carta, telefone ou e-mail manifeste seu descontentamento com a postura do jornal em sua charges contra o santo padre. Exijamos um diálogo sério, pautado no respeito para promoção da verdade. E nunca faltemos com a caridade.

Contatos do ombudsman do jornal Folha de São Paulo:

  Mande seu e-mail para ombudsman@uol.com.br
  Ou ligue para 0800 0159000 (se deixar recado na secretária eletrônica, informe telefone para contato no horário de atendimento, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h.)
  Se quiser, mande uma carta para al. Barão de Limeira 425, 8ºandar, São Paulo, SP CEP 01202-900, a/c Carlos Eduardo Lins da Silva/ombudsman ou pelo fax 0/xx/11 3224-3895

Recomendado para você