Ancoradouro

Evangélicos em colapso

 A revista Época desta semana  traz como matéria de capa a reforma protestante, sendo que, desta vez, acontecendo dentro do próprio movimento evangélico. A causa do descontentamento são os neopentecostais e sua práticas místicas que chegam a ser classificadas por um estudioso de “macumba para evangélico”.

“A unção financeira dos últimos dias” em troca de uma colaboração de R$ 900,00 divulgada no programa do pastor Silas Malafaia “caiu” na rede e nos comentários dos protestantes mais tradicionais. Afirmam estes que é o mercado e o maketing a conduzir estas igrejas e não o Evangelho.

No vídeo sobre a unção financeira, o pastor Morris Cirullo afirma que Jesus falou mais sobre finanças do que qualquer outra coisa. A oferta teria que ser de  R$ 900,00 por conta do ano 2009 terminar com ‘9’, um absurdo, que mais beira as práticas da numerologia. m outra vinda ao Brasil o velho “profeta” (de deus ou de baal) pede descaradamente uma oferta de R$ 610,00.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=av5VhPZSB3Y[/youtube]

 

Antes, críticas como estas ficavam nos bastidores das igrejas, com a popularização da internet muitos autores denunciam as práticas e dizem que o movimento evangélico precisa ser reformado.

Confira mais no Vlog:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=D85__BTx6TA[/youtube]

Recomendado para você