Ancoradouro

Mãe do Brasil

A candidata Dilma Rousseff  continua a sustentar a tese do aborto como caso de saúde pública. Seu partido, o PT, tem posicionamento claro a respeito do assunto e o parlamentar petista que venha a discordar da descriminalização do aborto é punido com  expulsão da silga.

No debate promovido pela CNBB (Conferência nacional dos bispos do Brasil) o candidato José Serra foi enfático em sua decisão. “Sou totalmente contra o aborto”, afirmou. A evangélica Marina Silva defende um plebiscito no qual sejam os brasileiros a decidir sobre o assunto e Dilma meneia entre sua opinião pessoal (a favor) e uma imagem  – envernizada – de cristã, contra mais nem tanto, para agradar os eleitores evangélicos e católicos.

E por que Dilma não se posiciona claramente a favor da descriminalização já quem o seu partido tem o tema como questão fechada? Por que a candidata petista em uma carta aberta ao povo de Deus disse que deixaria o tema a cargo do legislativo? Simplesmente pelo fato da maioria dos brasileiros serem contra o aborto. No período das eleições põe panos mornos a espera do resultado das urnas para após da continuidade à ideologia perniciosa de seu partido.

Mas os eleitores estão esclarecidos e graças a democratização da informação que muito se deve à internet muitos vídeos circulam na Rede explicando as reais intenções da candidata e  do Partido dos Trabalhadores. Depois do sucesso do vídeo do Pr. Paschoal Piragine Jr no qual alerta sobre os riscos de votar no PT que já conta com mais de 2 milhões de acessos foi divulgado o vídeo Mãe do Brasil.

o ANCORADOURO disponibiliza o vídeo Mãe do Brasil logo abaixo.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=4cJZZzWysN4[/youtube]

Recomendado para você