Ancoradouro

Gabriel Chalita critica Igreja Católica

O deputado era apresentador da TV Canção Nova

O deputado federal Gabriel Chalita do PSB, o segundo mais votado no estado de São Paulo cumpre agenda de papagaio de pirata como o mais forte aliado da candidata Dilma na  tentativa de promover junto ao povo cristão, sobretudo católico,  a eleição da petista neste segundo turno.

“A Dilma é a favor da vida”, “O presidente Lula é a favor da vida”, “acontece com Dilma o mesmo que aconteceu com Lula em 2006 quando disseram que ele mudaria as cores da bandeira e fecharia igrejas”, são algumas das frases elaboradas pelos marqueteiros nos último programas eleitorais  da candidatura de Dilma e agora na voz  mansa de Gabriel Chalita.

Entrevista de Gabriel Chalita à Folha de São Paulo

A postura do deputado tem escandalizado os católicos que não compartilham com a ideologia do PT. À Folha de São Paulo, Chalita fez uma severa crítica à atuação da  Igreja Católica  na entrevista concedida ontem,05. ” (A Igreja) Contribui, mas quando não usa a instituição para influenciar o voto”disse, e ainda apelou para o argumento da laicidade do estado, muito utilizado pelos neo-ateus: “Mas o Estado é laico e acho que ele tem que ser laico”, conluiu.

O candidato Chalita parece ter esquecido que este estado laico, o mesmo que o elegeu é  formados majoritariamente por católicos que admiravam sua conduta, principlamente os ligados à Renovação Carismática Católica e fieis telespectadores do Sistema Canção Nova. Inclusive, muitos católicos afirmam não querer ver mais Gabriel Chalita em programas da TV Canção Nova, pois seria como um contra testemunho.

E que ninguém se engane com o jeito terno do apologista de Dilma. O cândido letrado processou uma entidade pró-vida ligada à CNBB antes do primeiro turno das eleições como noticiamos no blog. Como é adepto à leitura deve ter devorado a cartilha do PT que entre outras coisas prescreve cerceamento da liberdade de expressão. Está se mostrando um aluno exemplar.

Leia: Chalita Processa entidade pró-vida ligada à CNBB

Assista: Chalita apóia Dilma

O que teria cegado Chalita? Uma possibilidade de assumir a pasta do Ministérios da Educação? O poder?  A bajulação? A estas perguntas uma resposta retirada do Evangelho que também é uma indagação: De que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e vir a perder a própria vida?

Recomendado para você