Ancoradouro

Efervescência Católica

A Igreja Católica é uma obra divina. Seria essa uma premissa fundamentalo para compreender sua efervescência dois mil anos após sua fundação. Existem as perseguições e não são poucas, as fases obscuras, mas, nunca é desamparada por seu fundador.

O Brasil tem sido um celeiro de vocações e iniciativas leigas cheias de vitalidade. Nos inícios dos anos oitenta a Renovação Carismática Católica arrebanhou uma multidão de católicos, já na década posterior as Novas Comunidades surgiram como a primavera da Igreja.

No século XXI são sacerdotes com carisma de evangelização através dos meios de comunicação que levam a palavra de Deus através do canto, da pregação e da literatura. Pe. Marcelo Rossi, Pe. Reginaldo Manzotti e Pe. Fábio de Melo são figuras conhecidas do público brasileiro. Os sacerdotes não são rivais, compartilham de uma mesma e única missão, evangelizar.

A quantidade de pessoas atingidas pela palavra destes homens é incontável e só mostram a efervescência católica neste país. É verdade que o número de evangélicos cresceu, mas estagnou. As pessoas estão redescobrindo o amor à Igreja e à Maria e hoje não é novidade encontrar evangélicos nos eventos e missas católicas. Só mais um pouco e seremos um só rebanho sob o comando de um só Pastor.