Ancoradouro

Gays, loucos e simpatizantes

Imagem sacrílega produzida por artista italiano.

Que  se deve respeitar as pessoas em situação de homossexualidade isto é fato. No entanto, a apologia de tal prática  ou incentivo a este modo de vida é profundamente comprometedor. Um mundo gay como pensa a minoria dos ativistas desta classe seria um presságio do The End da humanidade, não precisa ser um perito para comprovar tal tese.

Contudo, uma parcela dos gays se juntam a uma outra de loucos e de simpatizantes e vez por outra fazem coisas inacreditáveis, em nome da promoção desta cultura. A última delas foi a de um artista italiano que criou um quadro de uma mulher intitulado de nossa senhora dos homossexuais. Uma sandice, pois como sabemos, a Igreja respeita os homossexuais mas de modo algum concorda com seu modus vivendi.

Por um lado, brigam por respeito enquanto de outro modo empunham a bandeira do ataque, sobretudo, à fé cristã. O respeito precisa ser mútuo para a construção de um ambiente, no mínimo, respeitoso.