Ancoradouro

"Big Bacanal Brasil"

O título do pôst se encontra entre aspas para indicar que não criado por mim. Ele entitula um artigo da Veja On-line que versa sobre o teor sexual desta edição do famigerado reality Show.

Segundo a matéria, o BBB reúne pessoas que não querem apenas mostrar seus corpos mais utilizá-los sexualmente para chamar a atenção para si e consequentemente crescer na audiência.

Propositadamente colocaram um transsexual na casa sob segredo aos confinados. Amaioria do cast é de solteiros e os pares já se formam na casa das contendas. Um dos participantes já trocou de roupas sem nenhuma cerimônia na frente dos colegas o que a reportagem da Veja aplicou o termo “Big Bacanal Brasil”.

A faixa indicativa apresentada pelo programa é de 12 anos. O ´Ministério Público Federal já avisou que está de olho. Mas a aposta mesmo da emissora é na venda das assinaturas na TV a cado a pessoas que se dão à perda de tempo de acompanhar 24 horas o que fazem o grupo de corpos ambulantes do reality.

Acmpanhe  um trecho da matéria: ““Eles escolhem os perfis mais descompensados”, diz o psiquiatra Marcelo Arantes, que fez parte do BBB8. “Não pode ser um perfil patológico, porque é perigoso, mas, se for explosivo, com histórico de conflitos familiares ou uso de substâncias químicas, é perfeito.” Os candidatos à celebrização instantânea promovida pelo BBB passam por três psicólogos antes de entrar para o programa, e pela chamada cadeira elétrica, em que são entrevistados por até catorze pessoas. A vida de cada candidato é esmiuçada nos mínimos detalhes. Carências, recalques e maluquices patentes não servem, como se vê, de impendimento para entrar no programa”.

Leia o texto na íntegra, clicando aqui.

Achei interessante o que escreveu em seu blog uma ex-participante do BBB10. Leia o que Elenita escreve sobre o Reality:

“A verdade é que fiz foi perder dinheiro participando do BBB (perdi credibilidade no círculo acadêmico e fui vetada em quase todas as bancas de que participava e que constituíam duas, três vezes o valor do salário que ganho agora) […] Se o seu sonho na vida, se a sua meta na vida é só participar de um reality que explorará sua imagem, sem muitas vezes sequer respeitar a sua pessoa, para lucrar milhões de reais, eu acho que vc merece ampliar os seus sonhos. Se o seu sonho é mostrar bunda ou abdome no paparazzo, por um cachê que sequer chega a 5 mil reais PRA QUALQUER UM(A), desejo que Deus amplie seu universo de vontades”.

Leia texto na íntegra, clicando aqui.

Elenita atendeu gentilmente o autor deste blog mas preferiu não comentar mais sobre o reality e indicou o pôst acima.

Recomendado para você