Ancoradouro

Altar usado por João Paulo II no "Castelão" encontra-se no Monte Castelo

Pelo jornalista Rodrigo Neto.

No dia da beatificação serão celebradas missas na Capela de Santa Teresinha, no bairro Monte Castelo, no mesmo altar usado por João Paulo II, quando veio ao Ceará em 1980

Já está preparada a cerimônia de beatificação de Karol Wojityla, o Papa João Paulo II. A data está marcada para 1° de maio próximo, domingo da Misericórdia. O Papa João Paulo II nasceu em 1920 e morreu em 2 de abril de 2005, após um pontificado de 27 anos, será beatificado, último passo para ser canonizado.

No mesmo dia da beatificação a Paróquia Senhor do Bonfim, no bairro Monte Castelo, realiza três grandes celebrações solenes na capela de Santa Teresinha, às 7h, 12h e 18h. As missas serão presididas no mesmo altar usado por João Paulo II, no estádio Castelão, em 1980, quando veio o Ceará. A celebração das 12h será presidida pelo Arcebispo Auxiliar de Fortaleza Rosalvo Cordeiro de Lima.

A data é considerada histórica para muitos cearenses, pois foi a primeira vez que João Paulo II visitou o Brasil. A paroquiana do Senhor do Bonfim, Silvia Helena, se recorda com alegria deste momento. “Na época eu tinha uns treze anos. Eu cheguei muito cedo, antes de meio dia. Lembro que Luiz Gonzaga emocionou as pessoas quando cantou a música Asa Branca. Havia muita gente e muito empurra empurra, mas eu consegui pegar na mão dele”, relatou. 

 O Arcebispo de Fortaleza, Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques está muito feliz com a beatificação. Segundo ele a notícia já era esperada desde 2005, ano em que Karol Wojtyla faleceu. “Essa beatificação é algo bonito. O Papa João Paulo II teve um testemunho de vida muito forte. Continuaremos a contar com as graças deste santo. Cheguei a almoçar e conversar por diversas vezes com ele”, revelou o Arcebispo.

O milagre atribuído a Karol Wojityla é a cura inexplicável da freira francesa Marie Simon-Pierre, de 50 anos que, desde 2001, sofria do Mal de Parkinson, a mesma doença, que acometeu o Papa polonês. Apesar de haver mais de 250 supostos milagres por interseções de Karol Wojityla catalogados, o postulador da causa, sacerdote polonês Slawoir Oder elegeu entre eles a cura da freira francesa.

 Visitas de João Paulo II ao Brasil

O Papa João Paulo II esteve no Brasil em quatro ocasiões, sendo três oficiais. A primeira delas, em 1980, foi marcada pela expectativa dos brasileiros em receber pela primeira vez um papa no país e pela beatificação do jesuíta espanhol José de Anchieta, fundador da cidade de São Paulo. A segunda aconteceu em 1991, quando o pontífice aproveitou para visitar irmã Dulce, em Salvador. A última passagem oficial de João Paulo II pelo Brasil foi em 1997, quando rezou uma missa campal no Aterro do Flamengo, para 2 milhões de pessoas. Em 1982, o Papa João Paulo II fez uma visita não oficial ao país ao realizar um rápido discurso durante a escala de seu voo no Rio de Janeiro. Ele tinha como destino a Argentina.

Serviço:
Domingo da Divina Misericórdia – Capela Santa Teresinha
Dia: 1° de maio de 2011, missas às 7h, 12h e 18h
Endereço: Rua Conrado Cabral, nº 648, no bairro Monte Castelo.
 
Mais informações :

Pastoral de Comunicação do Senhor do Bonfim
Rodrigo Neto (85) 8874.6272