Ancoradouro

Momentos descontraídos de João Paulo II

A figura emblemática e carismática de João Paulo II marcou época e hoje sua santidade é reconhecida de modo oficial pela Igreja. Em diversos momentos o seu bom humor cativou admiradores em todo o mundo. O blog separou alguns desses momentos especialmente para você, leitor. 

 

João Paulo conservou seu espírito jovem por toda sua existência

 

Na Ucrânia: 

O Papa João Paulo II pediu para os jovens da Ucrânia não se deixarem levar pelo consumismo do Ocidente e construírem um país próspero a partir das cinzas do comunismo. 

“Não vá da escravidão do regime Comunista para a escravidão do consumismo, outra forma de materialismo que, sem rejeitar Deus explicitamente, na verdade nega ao excluí-lo da vida”, disse o Papa. 

“Vocês são necessários aqui, com sua contribuição para melhorar a situação social, cultural econômica e política de seu próprio país”, afirmou João Paulo II, diante de milhares de jovens. 

A multidão ficou animada quando o Papa interrompeu o discurso e cantou “Nós te amamos, Papa!” 

Descontraído, o Papa disse quando começou a chover: “Está chovendo, então os jovens crescerão!”. 

O Papa foi recebido como herói em Lviv. A cidade estava colorida de azul e amarelo (cores nacionais da Ucrânia) e branco e amarelo (cores da bandeira do Vaticano). 

Lviv é símbolo da sobrevivência católica durante a perseguição comunista. Durante o regime de Joseph Stálin os Padres foram obrigados a realizar serviços religiosos em porões ou no campo. Muitos praticantes foram presos ou mortos. 

Carioca, Baino e Gaúcho 

Plugado do UOL Notícias 

Com seu português carregado, que já começava a perder a clareza em função da saúde frágil, João Paulo 2o. surpreendeu os brasileiros em 1997 ao declarar-se carioca, gaúcho e baiano. 

“Se Deus é brasileiro, o papa é carioca”, disse ele, de improviso, em discurso no 2o. Congresso Teológico Pastoral, no Riocentro. “Em Porto Alegre dizem que é gaúcho, na Bahia, também (que ele é baiano).” 

Naquele mesmo evento, ele reconheceu a canção que durante mais de 20 anos o identificou por aqui: “A bênção, João de Deus / Nosso povo te abraça / Tu vens em missão de paz / Sê bem-vindo / e abençoa este povo que te ama”. Este canto vem de 1980. A primeira visita. O papa era mais jovem. 

Papa sorrindo 

 diretor do serviço fotográfico do jornal vaticano L’Osservatore Romano, Giuseppe Colombara, disse que “nós conservamos o arquivo, mas nossa intenção é também explora-lo, porque existem muitíssimas fotos inéditas do papa Wojtyla”. 

Segundo ele, “existem fotos que nunca foram vistas, como, por exemplo, a de alguns momentos particulares ou também de momentos imediatamente após a sua morte”, em 2 de abril de 2005. 

Entre as imagens pouco conhecidas está uma foto de João Paulo II sorrindo, sentado em uma poltrona de avião, ao lado do então presidente italiano Sandro Pertini. 

Assista ao vídeo da TV Canção Nova sobre o espírito descontraído de João Paulo II 

Clique aqui.