Ancoradouro

Atenção, vote SIM

A bancada evangélica encabeça na Câmara o Projeto de lei 224  que visa sustar, ou seja, barrar a interpretação dada pelo  STF sobre a união estável.

O site da casa conta com uma enquete que ficará no ar até o dia 21 de junho e o blog vota no sim e pede seu voto também nesta opção. Observe bem pergunta feita na enquete: “Você concorda com o projeto (PDC 224/11) que susta a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de reconhecer a união homoafetiva?” Veja bem, o site pergunta se adere ao projeto que visa sustar, como já foi explicado, barrar…

As opções:

SIM: porque a Constituição é clara ao definir a união estável, a entidade familiar expressamente entre um homem e uma mulher.

Não.Porque com o reconhecimento da união estável os casais do mesmo sexo passam a ter direito a herança, pensão alimentícia e benefícios previdenciários.

Acesse a página http://www2.camara.gov.br/agencia/ e na seção enquete vote, SIM.

Entenda esse projeto de lei, aqui.

Acompanhe debate entre o pastor Silas Malafaia e o presidente da ABGLT, aqui.

Até o término deste pôst o SIM estava com 42% dos votos, o equivalente a 2614. Vote no SIM e faça a diferença.