Ancoradouro

"Sim, o Senhor me quer"

/ancoradouro/2011/09/24/9197/
108 Seja o primeiro a comentar

Por Thaís.

Foi essa a frase que marcou a pregação de Gabriella Dias, Responsável Local pela Comunidade Shalom, na manhã do segundo dia de CNJ, em Fortaleza. A certeza do amor e desejo que Deus tem de nos oferecer uma vida em comunhão com Ele é o combustível que move cada um de nós a viver a vocação e uma vida enraizada e edificada nEle. “À medida que vamos colocando nossas raízes em Cristo, vamos transbordando uma vida nova. Nós não podemos ser amigos de Jesus e temer as consequências. Temos que nos enraizar em Cristo para transbordar nossa vida em qualquer lugar que estejamos”, diz Gabriella.


Falando no ginásio do colégio Piamarta Montese, em Fortaleza, lotado de jovens do Brasil inteiro, a missionária falou sobre a importância de viver algumas realidades fundamentais para construir e cultivar uma fé enraizada em Cristo: buscar a Eucaristia, viver o sacramento da reconciliação e ter uma relação pessoal com Ele, não de uma maneira intelectual, mas vivencial. Ter uma amizade com Deus é relacionar-se, através da oração e da Palavra, com uma pessoa que está viva. “Deus quer que sejamos como árvores de cabeça para baixo, nossas raízes tem que estar voltadas para o alto. A confissão e a Eucaristia libertam nossas raízes para que possamos firmá-las no céu,  o perdão e a misericórdia de Deus atingem o coração de um pecador e o transforma”, declara a pregadora.

Abandonando uma vida egoísta e voltada para si mesma, a Igreja nos convida a doar nossa vida a Deus e ao proximo, edificar nossa fé em Cristo e nos colocarmos em escuta a Deus, que nos revela Seu amor e Seu chamado constante a uma vida de verdadeira felicidade. Sim, o Senhor nos quer, podemos declarar isso sem receios. Ele não nega sua misericórdia a ninguém que se arrepende verdadeiramente e o busca com humildade de coração, com desejo de ser perdoado. É através de uma vida de oração e de um coração purificado que recebemos a graça de sermos nós mesmos. “Quem não reza não pode descobrir sua vocação, sua verdadeira essência, pois não vai ouvir a voz de Deus a lhe chamar”, explica a missionária. “Sem a relação de intimidade com Deus, tudo vira loucura”, completa.

No final da pregação, Gabriella fez um convite a todos os jovens presentes, para que juntos declarassem com uma oração a vontade de confiar seus caminhos a Deus: “Jesus, eu sei que Tu és o filho de Deus. Tu deste Tua vida por mim. Quero seguir-Te fielmente, deixar-e guiar pela Tua Palavra. Tu me conheces e me amas, eu confio em Ti. Coloco nas Tuas mãos a minha vida inteira. Quero que sejas a força que me sustenta e a alegria que nunca me abandona. Amém.”

Recomendado para você