Ancoradouro

O segredo das pequenas coisas

86 4

Na atual sociedade somos impelidos a buscar coisas grandiosas. Somos obrigados a ser o melhor, instigados a está próximo de quem é mais forte, famoso.  Limitação é uma palavra que deve ser banida. Envelhecer é proibido e manifestar bondade ao próximo só tem valor quando sob os holofotes da mídia ou de olhares admirados.

Neste dia 1º de outubro a Igreja Católica celebra o dia de santa Teresinha do Menino, conhecida como a santa da pequena via, das pequenas coisas. A pregação de Teresinha deixaria qualquer adepto da teoria da prosperidade em pé de guerra. Onde só se pensa em lucrar até mesmo com as coisas de Deus, deixou-nos um ensinamento – mais do que isso na verdade – um itinerário espiritual a santinha de Lisieux.

Reconciliar-se com a própria história, valorizar a família e o principal, amar a Deus acima de todas as coisas, eis o ensinamento principal de Teresinha. Amicíssima de Deus aspirou ser no  coração da Igreja o amor.

Viveu escondida, reclusa em um mosteiro; padeceu de tuberculose e faleceu. Na verdade, não morreu, lucrou sua existência toda voltada para Deus. Padroeira das missões já teve suas relíquias visitando até estação espacial.

Que a aspiração primeira de nosso coração seja o amor. Que as coisas pequenas ganhem um novo sentido e descubramos o segredo de manifestar a caridade ao próximo.