Ancoradouro

JMJ Rio2013] Papa celebrará missa de encerramento em Guaratiba

Prefeito e Arcebisbo do Rio anunciam local que encerrará a Jornada Mundial da Juventude

Imagem do lugar onde acontecerá a Vigília com o Papa Bento XVI

Rio de Janeiro, 28 de novembro de 2012 – As fazendas Vila Mar e Mato Alto, em Guaratiba, na Zona Oeste, foram os locais escolhidos para receber a Vigília e a Missa de Encerramento da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, nos dias 27 e 28 de julho, respectivamente. O anúncio acaba de ser feito pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes, e pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, durante o II Encontro Preparatório para a JMJ Rio2013, que está sendo realizado esta semana, na capital fluminense.

De acordo com Paes, a prefeitura não poupará esforços para que a Jornada seja bem sucedida Para tanto, foi designado um grupo de trabalho dentro da prefeitura apenas para tratar de assuntos relacionados à Jornada. “Esse é um evento de extrema importância para a nossa cidade, que vai deixar um legado muito rico para a população em termos de melhorias em vários setores. Nossa cidade sempre recebe muito bem os visitantes,  estamos preparados para isso”, declarou.

Dom Orani revelou ainda durante o evento que este mesmo terreno, em 1958, tinha sido cotado para ser a Catedral do Rio de Janeiro, e que a pedra fundamental está lá até hoje. “Havia um desejo antigo de fazer a Catedral ali e acredito que a Providência Divina se encarregou da escolha deste terreno para a sede desta grande celebração mundial da juventude”, conclui o Arcebispo.

A metragem dos terrenos é de 3,5 milhões de m2, o que corresponde ao triplo do tamanho do local da Jornada de Madri, que aconteceu em 2011. A organização do evento trabalhará com a estrutura de lotes e ruas, que contarão com ilhas de serviço para apoiar os peregrinos. Estes locais contarão com banheiros, postos médicos, alimentação, tendas de adoração, torre de segurança, telões e bebedouros. Ainda de acordo com a organização, o planejamento para o acesso ao terreno estuda duas possibilidades: a chegada a pé, a partir de pontos de desembarque, por três opções de trajetos, de cerca de 13 quilômetros cada; e a saída por meio de um sistema de shuttle, que é um serviço de transporte especial.

Recomendado para você