Ancoradouro

Militantes gays disseminam fotomontagem do Papa com símbolo nazista

/ancoradouro/2012/12/23/militantes-gays-disseminam-fotomontagem-do-papa-com-simbolo-nazista/
15 1

Fac-símile da página na qual a Cruz Suástica aparece aplicada em Livro Sagrado para os cristãos.

Na noite deste domingo, dia 23,  manifestantes gays publicaram um evento convocando homossexuais para uma manifestação durante a Jornada Mundial da Juventude, evento que acontecerá com o Papa Bento XVI no Rio de Janeiro de 23 a 28 de julho de 2013.

Jovens católicos retribuem com oração às ofensas de manifestantes LGBT, em Madrid

Causou desconforto aos católicos  a imagem utilizada pelos manifestantes, Bento XVI erguendo o Evangeliário com uma Cruz Suástica, símbolo do nazismo, aplicada ao livro sagrado que só é utilizado para a proclamação das leituras bíblicas durante as Missas.

No Brasil é proibido o uso da cruz suástica e outros quaisquer símbolos que remetam ao Nazismo e o difundam, segundo o artigo 20 da Constituição.

Em Madrid, durante a última Jornada, alguns manifestantes LGBT provocaram grupos de peregrinos com ofensas verbais e beijos em vários parceiros. Os jovens católicos retribuíram as agressões com oração e silêncio, um gesto pacífico que indica a postura da Igreja em relação à pessoa do homossexual, o de acolhimento e respeito.

É recorrente nestas manifestações associarem a pessoa do Papa Bento XVI ao nazismo, isto por sua origem alemã. Já circulou na internet uma fotomontagem que  retrata Bento XVI, quando era  jovem, fazendo um juramento nazista, quando na realidade a imagem original era do jovem padre Ratzinger fazendo uma oração litúrgica.

Foto tenta fazer crer que Ratzinger cumpria um juramento nazista.

 

Foto original: o então padre Ratzinger estava abençoando os fieis com seu irmão, também padre.

Recomendado para você