Ancoradouro

103 cardeais votantes participam de 1ª Congregação

54.90.204.233 /ancoradouro/2013/03/04/103-cardeais-votantes-participam-de-1a-congregacao/
88 Seja o primeiro a comentar

Os membros do Colégio Cardinalício da Igreja Católica começaram hoje a reunir-se no Vaticano para as reuniões [congregações] gerais, na sequência do final do pontificado de Bento XVI e em vista a preparação do próximo Conclave. Os encontros decorrem na Sala Nova do Sínodo (foto).

Foto: Rádio Vaticana

Foto: Rádio Vaticana

Com a participação de 142 cardeais (103 dos quais eleitores), a primeira reunião teve início às 9.30, convocada pelo Cardeal Decano, D. Ângelo Sodano, que preside ao Colégio de cardeais. Às 17h00, uma segunda congregação geral. Durante o período de Sede vacante – entre a renúncia de Bento XVI e a eleição do seu sucessor – compete aos cardeais a gestão de assuntos “ordinários ou inadiáveis” da Igreja, sem qualquer poder ou jurisdição sobre questões que competem ao Papa (por exemplo, a nomeação de bispos). Este interregno está regulamentado pelas leis eclesiásticas, em particular pela Constituição Apostólica “Universi Dominici Gregis”, de João Paulo II, de 22 fevereiro 1996.
Há atualmente 207 cardeais, 117 dos quais com direito a voto, por não terem ainda completado 80 anos a quando do início da Sé vacante. Destes 117, pelos menos dois deles anunciaram que não participarão no Conclave: o arcebispo emérito de Jakarta, na Indonésia, D. Julius Darmaatmadja, e o arcebispo emérito de Edimburgo, na Escócia, D. Keith Michael O’Brien.

Leia também:

A exímia comunicação do Vaticano

Aos 105 anos dona Fransquinha presencia o décimo pontificado

Saiba como começou a onda de denúncias de pedofilia na Igreja

Participará, pelo contrário, o cardeal Walter Kasper, alemão, presidente emérito do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso, que faz 80 anos nesta terça, 5 de março, uma vez que o que conta para ser ou não eleitor é a idade dos cardeais no momento do início da Sede Vacante.

Nas reuniões hoje iniciadas participam também os cardeais com mais de 80 anos (embora alguns destes tenham anunciado que serão ausentes, geralmente por razões de saúde). Uma das decisões que os cardeais terão que tomar é estabelecer a data para o início do Conclave, que pode ser antecipado desde que se encontrem em Roma todos os eleitores.

Fonte: Rádio Vaticana

Recomendado para você