Ancoradouro

Ativistas gays zombam de Cristo crucificado

1720 110

[Atualizado em 2 de abril de 2013]

Parece que uma das especialidades de alguns ativistas gays é afrontar, desrespeitar e profanar elementos sagrados, especialmente  do universo católico. 

Não consigo imaginar um grupo de católicos presentes  em uma parada gay, por exemplo, gritando palavras de ordens aos participantes daquele ato. No entanto, esses militantes já puseram imagens de santos católicos em posições eróticas na referida manifestação.

Leia também:

Preconceito] Rachel Scherezade pode ser punida por ter opinião conservadora

No Ceará já está virando tradição a publicação de um calendário com travestis onde personagens do universo católico são profanados, como a Virgem Maria.

ativistas

ridículos, ridicularizando.

Os católicos exigem respeito, mas o faz com educação, discrição e respeito pois sua postura nem se compara a destes militantes movidos pelo despeito e ódio. Fazem-se de vítimas enquanto semeiam a discórdia.

Ver a imagem de Cristo crucificado sendo ultrajada por pessoas que fizeram a opção pelo mesmo sexo parece algo inaceitável.

Se lutam por direitos, por que não o fazem sem tocar na Igreja? Por que precisam eivar elementos sacros com  intervenções nojentas?

A imagem deste pôst circula na internet nesta Sexta-Feira da Paixão, sem dúvida, mais uma chaga causada ao Corpo de Cristo. Uma agressão gratuita e desnecessária que só comprova a má intenção de  certos militantes gays ávidos em implantar a ditadura do  homossexualismo.

A eles o nosso repúdio. É possível se manifestar com inteligência e respeito. Chega de hipocrisia por parte desta minoria. O que mais pedem é respeito e o que menos fazem é respeitar. Agridem, ferem e ainda se fazem de vítima, fruto de uma personalidade fraca e necessitada de autoafirmação.

Que o Senhor os perdoe pois não sabem o que fazem.

A imagem abaixo também circulou pela internet na oitava de Páscoa, uma afronta  desnecessária aos católicos que veem em Cristo o ícone máximo de sua fé. Atitudes como esta descredencia a militância da minoria que mostra-se inapta para o diálogo.

respeito

Recomendado para você