Ancoradouro

"Expressar opinião não é crime" diz Alexandre Garcia sobre caso Feliciano

493 39

alexandreEm comentário para a rádio Metrópole o jornalista Alexandre Garcia chamou de “novela” o caso que envolve a série de protestos contra o  deputado Marco Feliciano (PSC) por sua saída da presidência da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

“Eu vi uma foto no jornal – uma coisa horrível – um manifestante em pé, em cima da mesa que é ocupada pelos deputados. É um exagero”, diz Garcia. E aprofunda: ” teve um estudante que deu uma declaração pro G1 gritando para o Feliciano, ‘você não fica aí, você vai ter que renunciar’. observei que o manifestante se identificava como estuante de ciências políticas”.

A crítica do jornalista global chega ao ponto quando analisa a cobertura da imprensa sobre o caso. ” O noticiário sempre começa assim: ‘o deputado Marco Feliciano acusado de opiniões homofóbicas e racistas…Opa! Agora me deram uma chave de tudo isso”, diz Alexandre. E prossegue: ” se ele é acusado por opinião supõe-se então que aqui no Brasil exista crime de opinião. Mas não existe. Ele não pode ser acusado de opinião, se a opinião é livre e protegida pela constituição. Cada um pode ter a sua opinião”, pontua.

Acompanhe o comentário na íntegra de Alexandre Garcia

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=6KmY-Ia3xuI[/youtube]

O crime de opinião deixou de sê-lo após a queda da ditadura militar no país. Hoje todo cidadão

 

Recomendado para você