Ancoradouro

Integrantes da Marcha das Vadias quebram imagens e realizam sacrilégios na JMJ

7602 16
vadia3

Movimento comete atentado ao pudor em Copacabana durante JMJ

Era a tarde do dia 27 quando uma amiga me ligou do Media Center de Copacabana, local de apoio dos jornalistas para cobrir a Jornada Mundial da Juventude. ” Começou uma manifestação, algumas mulheres seminuas e homens de cuecas com imagens religiosas nas mãos, um verdadeiro absurdo“, disse-me a amiga. Eu estava cumprindo o roteiro de peregrinação, passando pelo túnel de acesso onde seria a vigília. Lamentei o fato, comentei com os amigos o desrespeito de tal ação em pleno encontro de milhões de jovens com o Papa.

Depois tomei conhecimento através de vídeos gravados que a manifestação não foi desrespeito, mas teve sacrilégio, insulto, propagação do ódio. Quebraram imagens sacras, símbolos da fé católica, estamparam ícones de Cristo nas partes íntimas, puseram uma camisinha na imagem da Nossa Senhora Aparecida e chegaram a cometer a aberração de se masturbarem com um crucifixo em pleno espaço público à vista dos peregrinos.

O movimento foi encabeçado pela  Marcha das Vadias, uma organização feminista  ligada à defesa da pauta LGBT. Na ocasião, a postura dos católicos foi de resignação e oração pelos manifestantes que abusaram da liberdade com um ato de ofensa.

O deputado carioca Flávio Bolsonaro encaminhou ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro representação exigindo identificação e responsabilização criminal dos autores dessa agressão a todas as religiões e seus seguidores, segundo informou o blog do parlamentar, único a se manifestar de forma contundente sobre o assunto.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-Flchq_6x5w[/youtube]

Um dos integrantes  da Marcha das Vadias, Marco Rocha, disse ao Jornal Extra (RIO) que “foi super bem tratado” pelos peregrinos. Mas isto não foi o suficiente para pararem com a afronta de quebrarem e insultarem a fé dos milhões de presentes na Praia de Copacabana.

A organização da Marcha afirmam não ter conhecimento dos atos ofensivos, mas o cordão de isolamento e a quantidade de imagens e crucifixos utilizados faz compreender que não foi uma ação isolada e espontânea de alguns  extremistas.

Na internet circulam modelos de formulação de  pedidos de denúncia ao Ministério Público, contato dos organizadores da Marcha e identificação da mulher e rapaz que protagonizaram os atos obscenos com as imagens sacras.

Blog da “marcha das vadias no rio de janeiro

http://marchadasvadiasrio.blogspot.com.br/
Contatos segundo este mesmo blog:
Rogéria Peixinho – 21 79022683
Danielle Miranda – 21 80848666
Nataraj Trinta – 21 93350682
Daniela Montper – 21 91379033

NOME DA MILITANTE RADICAL QUE ESFREGOU E ENFIOU IMAGEM DE MARIA NA VAGINA E ENFIOU UMA CRUZ NO ÂNUS DE UM HOMEM: RAÍSSA VITRAL
https://www.facebook.com/mircalacoiote
https://www.facebook.com/raissa.vitral

PERFIL DELE:
https://www.facebook.com/jota.errecoiote

Imagens que comprovam o crime:

IMAGENS

 

 

 

vadias2

vadiasFOTO

VADIASfoto3

 

vadiasFOTO2

Recomendado para você