Ancoradouro

Malafaia classifica discurso do Papa Francisco sobre pobreza de "conversa fiada"

2569 1.493

"Discurso sobre pobreza [do Papa Francisco] é conversa fiada". Pastor Silas Malafaia

“Discurso sobre pobreza [do Papa Francisco] é conversa fiada”. Pastor Silas Malafaia

A vinda e as palavras do Papa Francisco ao Brasil por ocasião da Jornada Mundial da Juventude despertou críticas do Pastor Silas Malafaia em seu perfil no Twitter. O líder é conhecido pelo temperamento explosivo, falas contundentes e expressões agressivas. Com o Papa não foi diferente.

Na opinião de Malafaia a visita do Papa foi por conta da diminuição do números de católicos. Afirmou ainda que o Pontífice se reuniu com 300 bispos para tratar do tema. A informação é inverosímel, o encontro com representantes do CELAM não passou de 60 e o tópico “perda de fieis” foi tratado pouquíssimas vezes pelo Papa em seus discursos.

O expediente seguinte do Pastor foi criticar as falas do Papa Francisco, sobretudo as que diziam respeito à pobreza.  “O Vaticano possui uma das maiores reservas de ouro do mundo. Os bilhões de dólares fraudados do banco do Vaticano dirigido por cardeais… milhões e milhões de reais de ofertas e dízimo de católicos enviados para cobrir o rombo do banco. Querem falar de pastores? Calem a boca. Já foram no Vaticano para ver a pobreza que é? Eu já estive lá. Calem a boca para falar de pastor. Conversa fiada de pobreza“.

padreroger

“Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo”. Pe. Roger Luis

Padre Roger Luiz comentou o ataque de Malafaia: “Querido irmão, infelizmente sua postura é lamentável. Mas a vida continua, o caminho de Cristo é o da Cruz. Deus sonda os corações, deixemos os julgamentos para Ele. O mais importante é que as palavras do Papa alcançaram os corações”!

A escrita do padre despertou mais ataques do Pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Numa sequência de tweets esbravejou contra o sacerdote católico. “Não gosta do que falo, porque me acompanha? Cai fora se não gosta do contraditório. Se me acompanha e me acha inescrupuloso, você é pior do que eu. Olha a nossa preocupação: segundo o IBGE, nós, os evangélicos em 2020 serão maioria no Brasil. Como estamos preocupados, deixa eu [rir] kkkkkkk O único país do mundo onde os 3 últimos papas estiveram foi o Brasil. Somos nós que estamos preocupados? Deixa eu rir mais um pouco kkkkkkkkk”, ironizou Silas.

” Deveria ser um tempo de unidade para derrubarmos as forças do mal na política abortista, e o que vemos é expressões de divisão! Que bom pastor, o IBGE é o Espírito Santo, agora é ele que define as coisas e não Deus? Faz-me rir irmão! Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso. Ele nunca erra!”, disse Padre Roger que não perdeu a calma.

mala2

O sacerdote finalizou o assunto evocando o novo tempo que a Igreja vive, tempo de amor e perdão. “Me pergunto se existe diferença no protesto das ‘vadias’ e de alguns que estão criticando a Igreja e o Papa? Percebo que é o mesmo espírito. Saibamos discernir os espíritos, já nos alertava S. João, sobre o discernimento! É hora de diferenciar os lobos e os pastores! Seja sincero! Fiquemos com a mensagem de amor, paz, unidade, conversão, capacidade de lutar contra a corrente, do nosso Pastor, o Papa Francisco. Os incomodados que se convertam, nós vamos incomodar ainda mais com a luz e a força do Evangelho, do perdão, do amor! É um novo tempo!”

Na contramão do ódio 

Na contramão do discurso de ódio, um pastor da Assembleia de Deus de Varginha aguardou com os membros de sua denominação o papa passar para cumprimentá-lo. O relato foi feito por Pe. Márcio Queiroz que acompanhou Sua Santidade na visita à comunidade carente.

Durante a missa de envio  um evangélico ergueu um cartaz direcionado ao Papa Francisco pedindo que este orasse pelos evangélicos.

cartaz

 

Recomendado para você