Ancoradouro

Egito] Cristãos são mortos brutalmente no Oriente

30 2
40 templos foram destruídos.

40 templos foram destruídos.

Nos noticiários brasileiros passa batido a quantidade de cristãos mortos e templos destruídos durante os ataques de irmandades muçulmanas extremistas no Egito.

A Rádio Vaticano publicou entrevista com o porta-voz dos bispos católicos egípcios, Pe. Rafiq Greiche. O prelado afirmou que foram destruídas 40 igrejas – das quais 10 católicas e 30 entre ortodoxas, protestantes e greco-ortodoxas.

A mensagem do Papa Francisco na última quarta-feira, durante o Angelus, pediu Paz ao Egito  e segundo Greiche o pedido do Pontífice era esperado e se espalhou rapidamente.  “Assim que o Papa concluiu o Angelus, as pessoas, os católicos, bem como os ortodoxos e até mesmo os muçulmanos, publicaram em todos os lugares as suas palavras: nos jornais, em todos os sites web, como se todos estivessem esperando que o Papa falasse! Em particular, os católicos sentiram que o Papa se faz próximo deles, que reza por eles e que busca infundir-lhes esperança: é aquilo de que verdadeiramente precisam.”

Contudo, a Paz naquele lugar ainda é uma utopia. “Sinto muito ter que dizer que não será nada fácil alcançar a reconciliação, porque a Irmandade muçulmana e todos os partidos muçulmanos não estão comprometidos com a busca de uma solução política… O povo quer um Egito pacífico, enquanto um pequeno grupo está difundindo violência e terror até mesmo nos vilarejos do Alto Egito”.

O jornalista Reinaldo Azevedo publicou texto que vale a leitura sobre o massacre aos cristãos no oriente.

“No ano passado, pelo menos 105 mil pessoas foram assassinadas no mundo por um único motivo: eram cristãs. O número foi anunciado pelo sociólogo Maximo Introvigne, coordenador do Observatório de Liberdade Religiosa, da Itália. E, como é sabido, isso não gerou indignação, protestos, nada. Segundo a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), 75% dos ataques motivados por intolerância religiosa têm como alvos os… cristãos. Mundo afora, no entanto, o tema quente, o tema da hora — e não é diferente da imprensa brasileira —, é a chamada “islamofobia”.

Confira a íntegra do artigo, aqui.

 

Igreja Católica do rito Copta sendo incendiada pelos vândalos

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=90YdXfA5BPc[/youtube]

Imagens da Rádio Vaticana

v1 RV2 RV3 rv4

Recomendado para você