Ancoradouro

"Despertar as pessoas para a informação verdadeira", define diretor de Blood Money sobre objetivo do documentário

Luís Eduardo Girão, David Kyle, ao centro,  e o intérprete Daniel Duarte.

Luís Eduardo Girão, David Kyle, ao centro, e o intérprete Daniel Duarte.

Apesar dos poucos e inconvenientes horários o filme Blood Money- Aborto legalizado superou as expectativas na primeira semana de exibição. Foram 3.495 pessoas que prestigiaram o documentário, uma média de 400 por sala. Graças ao sucesso, alguns outros horários foram ofertados ao público, como em Fortaleza, que passou a exibir sessões  às 21h30.

David Kyle, diretor de Blood Money – Aborto Legalizado conversou com o Blog ANCORADOURO. O diretor  é categórico ao falar sobre  porquê decidiu fazer o filme. ” O aborto é um crime e não podemos nos calar diante das injustiças”.

O Brasil chama a atenção do diretor pela adesão da população  à defesa da vida. “É muito saudável quando se abre o debate para falar sobre o assunto”, disse. Aos que insistem em defender que um bebê no ventre da mãe é parte do corpo da mulher David afirma que este é um falso argumento para justificar o assassinato de uma vida inocente.

“Nos Estados Unidos a informação que chega à mulher, do governo e da lei,  é que o fruto do seu aborto não é um bebê. Por isso o caminho é despertar as pessoas para a informação verdadeira”, é o conselho do militante pró-vida aos que no Brasil integram os diversos movimentos contra o aborto.

Artistas e personalidades apoiaram o Filme pelo país.

Artistas e personalidades apoiaram o Filme pelo país.

“Se o seu Governo fala alto favorável ao aborto e as pessoas na nação são contra , o caminho é  conscientizar, disseminar a informação para que os cidadãos falem mais alto que o governo. E isto é possível”, sentenciou Kyle.

Cinema da Dilma não roda Blood Money

Segundo  informações de Luiz Eduardo Girão, produtor de cinema que comprou os direitos autorais de Blood Money, o documentário não rodou no cinema da Presidente Dilma. “Tomamos conhecimento pelos jornais que a Presidente Dilma estava recebendo grupos de cineastas e  ativistas, para exibir alguns filmes no Palácio da Alvorada. Protocolamos o pedido para a exibição de Blood Money já que trata de um tema importante,mas não houve resposta sobre o tema“.

O movida Pró-vida de Fortaleza é um dos mais fortes do país. O grupo já conseguiu fechar clínica de aborto  e faz anualmente a Marcha Pela Vida que tem crescido e pautado o debate na sociedade sobre o assunto.

Confira Trailler do Documentário

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=mx3ZHc54RE4[/youtube]

 

Confira horários nos cinemas pelo Brasil

Salas e horários de Blood Money.

Salas e horários de Blood Money.

 

 

Recomendado para você