Ancoradouro

Página "Tradição Católica" chama Papa Francisco de herege

296 13

A  página intitulada de Tradição Católica (?) chamou o Papa Francisco de herege em uma de suas postagens. O grupo se intitula na descrição da fanpage como defensores da Igreja contra “seus inimigos internos”.

Observem a composição da imagem abaixo e o texto com forte crítica ao Papa.

Papa Francisco é chamado de herege.

Papa Francisco é chamado de herege.

Detalhe da postagem acima.

Detalhe da postagem acima.

Outra postagem (abaixo) crítica ao Papa quando este visitava Lampedusa. Não respeitaram nem as vítimas daquela região por cujas almas o Papa Francisco foi rezar.

Querem ser mais católicos que o Papa.

Querem ser mais católicos que o Papa.

E quem são estes inimigos? Na opinião do grupelho todas as Novas Comunidades, Renovação Carismática Católica e movimentos pós-conciliares. Aliás, o Concílio Vaticano II não é visto com bons olhos. 

Os participantes se comportam como juízes cruéis. Apontam falhas ridicularizando, arvoram-se de ser os donos da verdade e da tradição. Assemelham-se ao comportamento dos protestantes que são fundamentalistas.

Se dependesse deles, a missa ainda deveria ser apenas em Latim, padres deveriam usar batina sempre, os papas deveriam usar a tiara imperial e serem conduzidos nos ombros de súditos como nas antigas coroações.

Grupo promove ódio através da internet contra membros da Igreja Católica.

Grupo promove ódio através da internet contra membros da Igreja Católica.

Além dos juízos emitidos impiedosamente,promovem a discórdia e disseminam o ódio. Em uma das postagens divulgaram outra fanpage, tão infame quanto a página Tradição Católica, a “Odeio a RCC”. Caridade, amor ao próximo, discrição e respeito parecem não existir  na conduta do grupo.

Esta é apenas uma entre tantas outras páginas que se pretendem ser mais católicas que o papa. Muitos católicos desavisados, sobretudo jovens, bebem da (de)formação ensinada por estes membros descomprometidos com a Igreja Católica. Não é incomum jovens, até engajados, discutir – como se fosse o centro da fé católica – assuntos como  “palmas durante a celebração eucarística” ou o uso da batina por padres.

Os fariseus se julgavam inerrantes.

Os fariseus se julgavam inerrantes.

“Sepulcros Caiados”, “raça de víboras”,   f a r i s e u s. Assim podem ser definidos todos aqueles que desejam atar fardos pesados sobre os fieis quando são os primeiros a descumpri-los. Nos tempos de Jesus a Lei possuía poucos mais de 600 desdobramentos (fardos) e segundo os fariseus todas deveriam ser cumpridas. Em pleno século XXI podemos constatar que a “congregação dos fariseus” se mantém viva e com muitas adeptos no Brasil, especialmente no sul e sudeste do país.

Movimentos como a RCC  e a Comunidade Canção Nova são alvos constantes de postagens zombeteiras da página. Ao invés de promoverem o diálogo, ensinamento do magistério do Papa Francisco, preferem semear a cizânia.  Mas convenhamos, criticar os movimentos não é nada em comparação aos ataques ao Papa Francisco, chamando-o de herege.

Imaturidade, mau gosto e discórdia compõem as postagens da página como esta.

Imaturidade, mau gosto e discórdia compõem as postagens da página como esta.

Que os católicos que bebem destas fontes se questionem, denunciem e bloqueiem as postagens pois quem é capaz de escarnecer do representante de Cristo, a autoridade máxima da Fé Católica na terra, não pode ensinar coisa boa. Não nos esqueçamos dos lobos em pele de cordeiro. Desmascaremo-los.

Recomendado para você