Ancoradouro

Integrantes da Marcha das Vadias são denunciados por intolerância religiosa

884 2
Manifestantes intolerantes quebraram imagens religiosas.

Manifestantes intolerantes quebraram imagens religiosas.

Durante a Jornada Mundial da Juventude a Marcha das Vadias, composta em sua maioria por pró-abortistas e homossexuais, protagonizou  um dos maiores atos de desrespeito contra a religião no Brasil. 

Segundo informações em reportagem veiculada no Jornal Nacional (Rede Globo), dois manifestantes quebraram imagens religiosas e chutaram crucifixos. Um cordão de isolamento formado por integrantes da Marcha das Vadias deu cobertura aos dois jovens que também esfregaram imagens de Nossa Senhora nas partes íntimas. Como se não bastasse, um manifestante introduziu no ânus do outro um crucifixo.

Reportagem veiculada no JN

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=8u922LRxI8g[/youtube]

Nesta semana o Ministério Público do Rio de janeiro denunciou Raissa Senra Vitral e Gilson Rodrigues Silva Junior pela prática de ato obsceno em local público e de preconceito de religião.

Mais imagens

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=qWX8OkfBrsU[/youtube]

Recomendado para você