Ancoradouro

Vitória: patrocinador do Porta dos Fundos repudia vídeo de Natal ofensivo aos cristãos

52 6
Personagens usam palavrões misturados à citações bíblicas.

Personagens usam palavrões misturados à citações bíblicas.

O vídeo ultrajante produzido pelo  grupo Porta dos Fundos para o especial de Natal teve mais um desdobramento. O patrocinador do canal, o grupo Petrópolis, fabricante da Cerveja Itaipava, emitiu nota à imprensa reprovando o conteúdo das esquetes  que satiriza o anúncio do nascimento de Jesus.

O portal Notícias da TV informou que o patrocinador , apesar de repudiar a peça, não deixará de financiar o Porta dos Fundos. Mas conhecendo o mundo dos negócios é muito provável que a decisão da fabricante da Itaipava sirva como um alerta para que os humoristas pensem duas vezes antes de levarem ao ar conteúdo religioso ofensivo.

Fato é que os católicos podem comemorar. Já foi uma grande vitória, conseguida a custo de muita pressão. Este blog foi o primeiro a se posicionar contra o vídeo do Porta dos Fundos. O missionário católico  Anderson Reis gravou um vídeo que obteve mais de 130 mil visualizações. Mas, a pressão decisiva foi a intervenção do Cardeal arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer.

Blog Ancoradouro - Dom Odilo - Porta dos Fundos

No domingo, dia 5, pelo Twitter, o purpurado comentou com o titular do blog sobre o “péssimo mau gosto” do vídeo. “Será que isso é humor? Ou é intolerância religiosa travestida de humor? Péssimo mau gosto!”, escreveu o purpurado que teve sua mensagem repercutida por milhares de católicos. 

Vitória para os cristãos que se uniram e se manifestaram;

Vitória pela petição que alcançou 20 mil assinaturas;

Vitória pela negativação do vídeo no canal do Porta dos Fundos, tornado-o um dos mais reprovados pelos internautas;

Vitória pela repercussão na imprensa secular da ação do patrocinador;

O caso ensina que o boicote às marcas que financiam produtos e iniciativas   preconceituosos à fé cristã, funciona. Afinal, empresa alguma vai querer depender apenas do consumo dos neo-ateus e odiadores da internet.

Como disse Dom Odilo em um de seus tweets “Vale a pena se manifestar”.

Confira nota à imprensa do Grupo Petrópolis:

“Nossa Constituição Federal fixa a liberdade de expressão, impondo limites ao se atingir liberdades e direitos alheios, respondendo cada um por seus atos. O Grupo Petrópolis respeita esses direitos, assim como respeita os princípios de fé de manifestação religiosa de todos.

Dessa forma, o Grupo Petrópolis não endossa e não apoia qualquer manifestação que venha a atingir esses valores religiosos que se tem como sagrados. Portanto, na recente veiculação do programa “Especial de Natal”, do humorístico “Porta dos Fundos”, o Grupo Petrópolis, além de não ter previamente mantido qualquer tipo de contato com seu conteúdo, ainda, não admite que suas marcas sejam relacionadas com tais manifestações, pois não representa o pensamento de seus Diretores.

O Grupo Petrópolis aproveita a oportunidade para manifestar o seu mais profundo respeito por todas as manifestações religiosas.”

 

 

Recomendado para você