Ancoradouro

"Estamos apenas no começo" diz professor em defesa à costura de vagina na festa da UFF

4086 8

O ANCORADOURO foi um dos primeiros blogs a repercutir o evento “X*** satânik”, festa de encerramento do seminário “Corpo e Resistência — 2º Seminário de Investigação & Criação do Grupo de Pesquisas CNPq Cultura e Cidade Contemporânea” que aconteceu nas dependências da Universidade Federal Fluminense (UFF).

festa2

A reitoria da UFF disse que faria uma sindicância para apurar a denúncia de uso de bebida alcoólica e drogas no campus, além de possível ritual satânico e práticas  sadomasoquistas. Mas se depender do professor Daniel Caetano, chefe do Departamento de Artes e Estudos Culturais da UFF, a sindicância dará em nada. 

Em entrevista ao O Globo, o professor universitário desferiu palavras de indignação a quem criticou a festa que teve entre outras coisas, uma mulher costurando a vagina da outra. “Reações de censura às performances no X***Satânica evidenciaram o quão conservador, hipócrita, moralista e legalista é o mundo ao nosso redor. Um mundo que precisa ser abalado em suas estruturas para acabar com todas as formas de opressão e exploração. Estamos apenas no começo!”.

O professor denominou de censura as críticas ao ato, mas na continuação de sua fala emitiu uma ameaça, muito pior que censura: ” (…) qualquer pessoa em cargo público que porventura se posicionar contra a performance será por nós inquirida acerca de suas atitudes prévias contra os estupros em Rio das Ostras”.

festa5-625x468

Mulher tem vagina costurada em festa na universidade. ” Estamos apenas no começo!”, diz professor responsável pelo núcleo dacultura da UFF.

Quem é mesmo esse sujeitinho que pretende inquirir pessoas que se posicionem contrariamente à prática descabida como essa na Universidade Federal? É no mínimo um “desprovido de inteligência” que pensa a liberdade como direito absoluto.

Como bem lembrou o jornalista Reinaldo Azevedo, ” o “X*** Satânik” também emprestou apoio ao “Não Vai ter Copa”, à “Marcha das Vadias” e à “Marcha da Maconha”.Sobre a censura ao “Cumpâdi Washington”, eles não se manifestaram”. 

Curiosidade

Presidente Dilma recebe integrantes da Marcha das Vadias

Presidente Dilma recebe integrantes da Marcha das Vadias

A moça que teve sua vagina costurada durante a festa é Raíssa Vitral, a mesma que durante a Jornada Mundial da Juventude protagonizou o ato criminoso  de  enfiar uma imagem da Virgem Maria em sua genitália.

Pois é, a “vadia”, como se intitula, não foi presa pela deliquência. A Marcha das Vadias,coletivo apoiado pela moça já foi recebido, inclusive, pela Presidente Dilma.

Confira: Integrantes da Marcha das Vadias se masturbam com imagens católicas.

 

Recomendado para você