Ancoradouro

Arquidiocese de Fortaleza apresenta Campanha para a Copa do Mundo

O Centro de Pastoral Maria Mãe da Igreja da Arquidiocese de Fortaleza sediou nesta tarde de segunda-feira, dia 9 de junho, o lançamento da campanha “Copa do Mundo  Dignidade.Paz”, com a presença do bispo auxiliar Dom Vasconcelos.

Dom Vasconcelos presidiu o lançamento da Campanha.

Dom Vasconcelos presidiu o lançamento da Campanha.

” A Igreja deseja oferecer ao turista que vem para a Copa do Mundo uma oportunidade de encontrar Deus” disse Dom  Vasconcelos antes de ler os 10 mandamentos para o Mundial elaborado  pela Pastoral do Turismo no Ceará.  ” Respeite nossas crianças , jovens , adultos e idosos”, determina o primeiro mandamento.

Programação religiosa

O tema desta campanha é Copa do Mundo – Dignidade Paz, explica Padre Gilson Soares, coordenador da Pastoral do Turismo. Esta campanha é uma iniciativa da Conferência Nacional dos bispos do Brasil – CNBB, trabalhada nas línguas portuguesa, inglesa e  espanhola.

image

Em 10 Igrejas católicas de Fortaleza haverá missas em língua estrangeira começando no próximo sábado, na Igreja Catedral, às 11h,  com missa em inglês.  A celebração acontecerá em espanhol na Igreja de Cristo Rei  e em francês na Igreja de São Vicente.

A Comunidade Católica Shalom junto com outros movimentos oferecerão oportunidade de evangelização durante os jogos em Fortaleza. “Teremos o Acampamento de Jovens Shalom e o Festival Halleluya voltados para os turistas que estiverem na capital durante o período da Copa”, disse padre Silvio Scopel, responsável pelo Shalom em Fortaleza.

Situação vulnerável

Fernanda Silva, coordenadora  da Pastoral do Povo de Rua falou sobre a importância de se colocar a favor dos mais vulneráveis durante o período da Copa do Mundo “um grande evento que nos traz alegria, mas também algumas preocupações”.

Cuidar, proteger e responsabilizar o agente violador são as principais atividades da agenda local que elaboramos juntos a outros órgãos de direitos humanos Para proteger as crianças , mulheres, povo de rua e outros grupos vulneráveis“, explicou Fernanda.

Confira local e horário das missas:

peq_DSCN1681

Dia 14 de junho (sábado)

→ 11 horas

– Missas:

−  Em inglês: na Igreja Catedral

−  Em espanhol: na Igreja Cristo Rei

−  Em francês: na Igreja São Vicente de Paulo

Dia 17 de junho (terça)

→ 11 horas

– Missas

−  Em inglês: na Igreja Catedral

−  Em espanhol: na Igreja Nossa Senhora da Saúde, Mucuripe

−  Em espanhol: na Igreja Cristo Rei

Dia 19 de junho (quinta-feira)

→ 19 horas

-Missa

−  Em espanhol: na  Igreja São Pedro, Mucuripe

Dia 21 de junho (sábado)

→ 11 horas

– Missas

−  Em inglês: na Igreja Catedral

−  Em francês: na Igreja Nossa Senhora de Fátima

−  Em alemão: na Igreja Santa Edwiges

Dia 22 de junho (domingo)

→ 11 horas

– Missas

−  Em inglês: na Igreja Catedral

−  Em francês: na Igreja São Vicente de Paulo

−  Em alemão: na Igreja Santa Edwiges

−  Em espanhol: na Igreja São Benedito

→ 19 horas

– Missa

−  Em alemão:  na Igreja São Pedro, Mucuripe

Dia 24 de junho (terça)

→ 11 horas

– Missas

−  Em inglês: na Igreja Catedral

−  Em francês: na Igreja São Vicente de Paulo

−  Em espanhol: na Igreja Santa Edwiges

Dia 27 de junho (sexta-feira)

→ 19 horas

– Missa

−  Em espanhol: na Igreja São Pedro, Mucuripe

Dia 29 de junho (domingo)

→ 07 horas

– Missa

−  Em bilíngue( português e espanhol): na Igreja São Pedro, Mucuripe

Após a missa  acontece a procissão marítima com São Pedro.

→ 09 horas

– Missas

−  Em inglês: na Igreja São Vicente de Paulo

−  Em espanhol: na Igreja Nossa Senhora da Saúde, Mucuripe

−  Em espanhol: na Igreja Nossa Senhora do Carmo

−  Em italiano: na Igreja Santa Luzia, Meireles

Dia 04 de julho (sexta)

→ 11 horas

– Missas

−  Em inglês: na Igreja Catedral

−  Em espanhol: na Igreja Cristo Rei

−  Em italiano: na Igreja Nossa Senhora do Carmo

−  Em francês:  na Igreja São Vicente de Paulo

−  Em espanhol: na Igreja São Benedito.

 

 

Recomendado para você