Ancoradouro

Humorista Paulo Gustavo condena Parada Gay

/ancoradouro/2014/09/03/humorista-paulo-gustavo-condena-parada-gay/
333 Seja o primeiro a comentar

O humorista Paulo Gustavo, conhecido pela atuação em programas  de TV fechado e shows por todo país declarou em entrevista ao jornal O Dia que é contra a Parada Gay. “Eu sou contra a Parada Gay, acho que não tem que ter isso. Não existe Parada Hétero. Acho que, com isso, a gente fica só valorizando os idiotas. Os que são preconceituosos devem ser ignorados simplesmente”.

Ator foi criticado por condenar a Parada Gay

Ator foi criticado por condenar a Parada Gay

“Eu não teria problema em falar se sou gay ou se sou hétero. Mas acho que ficar levantando bandeira para esse assunto é que gera o preconceito“, disparou o humorista que interpreta personagens do universo gay em seus shows.

O Grupo Arco-Íris que realiza a Parada Gay do Rio de Janeiro emitiu nota refutando as declarações de Gustavo. “Sim, é uma festa cheia de gente se beijando, com música, bebida, o povo se divertindo […] Quando você diz que não levanta bandeiras porque isso gera mais preconceito e fala mal da Parada Gay, isso afeta diretamente um trabalho que é feito, a muito custo, por uma equipe que luta bastante contra o preconceito”, diz trechos da Nota. 

Mas o humorista não se intimidou. Em sua conta no Instagram reafirmou a opinião contrária. “Disse que sou contra a Parada Gay e SOU. Porque acho que uma coisa que era para ser movimento político, não é! Vira uma RAVE no meio da rua, com assalto, brigas e com um monte de gente se beijando, e eu não curto”, disparou.

 

Recomendado para você