Ancoradouro

Cristovam Buarque, a Felicidade e Maconha

36 1

O senador Cristovam em sua vida pública já endossou 375 proposições entre Projetos de Leis e emendas.  Conseguiu  ao longo deste tempo firmar-se como o  “senador da educação”. Atualmente é o relator da Sugestão Popular 8 que pede a Legalização da Maconha para uso recreativo, industrial e medicinal. Cristovam parece simpatizar com a possibilidade de não arquivar a SUG 8  e tornar a Sugestão um Projeto de Lei. 

cristovam buarque senador da educação senador da maconha

Em 2012 o senador propôs uma emenda inusitada que ficou conhecida como a PEC (Projeto de Emenda Constitucional) da Felicidade. A proposição pretendia incorporar  a “busca da felicidade” na Constituição. À época disse o senador ao Gazeta do Povo, “O Estado tem de eliminar os entulhos que atrapalham as pessoas na busca da própria felicidade”. 

Resta saber se o senador Cristovam Buarque compreende a  Legalização da Maconha como um desses entulhos que atrapalham o cidadão na busca pela felicidade ou se ele é da opinião que o consumo de drogas deve ser defendido como um modo de “bem estar” para o indivíduo.

pecfelicidde

Senador Cristovam criou a PEC da Felicidade.

Cristovam chegou a falar na quarta audiência sobre a Legalização da Maconha como algo  relacionado ao  “direito do diversão” . No encontro seguinte o tema voltou ao debate. O juiz  Roberto Luiz Corcioli Filho chegou a defender a necessidade de drogas em uma sociedade. “Um mundo sem drogas significaria um mundo autoritário”.Um outro magistrado joeirou sobre a relação entre o consumo de drogas e o “bem estar”.

O público que assistia à audiência mostrou-se indignado com as colocações. O apresentador de TV Marcos Lima foi enfático ao se referir ao juiz que defendeu a Legalização como “bem estar”. “Felicidade nada tem a ver com o consumo de drogas”.

Recomendado para você