Ancoradouro

Prefeito de São Paulo multa Paróquia por badaladas do sino e libera baile funk nas ruas

324 3

Católicos da  Paróquia São João Maria Vianney, na Vila Romana, Zona Oeste de São Paulo, estão revoltados com o prefeito Fernando Haddad (PT). Os fieis terão de pagar uma multa de  “36 540 reais, aplicada pelo Programa de Silêncio Urbano (Psiu). O motivo: o dispositivo foi tocado dezesseis segundos além do permitido, na manhã do dia 30 de novembro, quando duas fiscais constataram que os ruídos também chegavam a 80 decibéis às 9h50, o que ultrapassou o limite permitido de 65 decibéis”, de acordo com informações da Veja SP.

Prefeito multa paróquia.

Prefeito multa paróquia.

O sacristão Gilberto Barbosa, de 35 anos,responsável por repicar o sino há 16 anos disse que não foi informado sobre a irregularidade apontada pelos fiscais. O padre Raimundo Vieira, de 44 anos, achou a atitude lamentável. “No fim de agosto, vieram e disseram que tinham recebido a denúncia do barulho. Mas em nenhum momento me orientaram, não sabia que o sino só poderia tocar por 1 minuto. Quando voltaram em novembro já foi para multar“, conta o sacerdote.

“Pancadão pode, blocos de carnaval podem, ensaios de escola de samba na rua, também”, denuncia o padre que ficou contrariado com a multa. “É aquela velha história. Eles peneiram as moscas e deixam passar os camelos”, acrescentou Vieira. Moradores da Vila Romana e paroquianos são da opinião que a tradição que dura 8 décadas não pode ser interrompida.

O prefeito não levou em conta a reivindicação dos moradores. É o mesmo prefeito que em janeiro deste ano vetou Projeto de Lei que proibia bailes funks em locais públicos em São Paulo. O ” funk – disse Fernando Haddad (PT) –  é uma expressão legítima da cultura urbana jovem, não se conformando com o interesse público sua proibição de maneira indiscriminada nos logradouros públicos e espaços abertos”.

Veja o que o prefeito petista chama de expressão cultural legítima:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2z9tXsqOPGw[/youtube]

Recomendado para você