Ancoradouro

A hipocrisia da mídia no caso do traficante brasileiro executado na Indonésia

157 12

O caso do brasileiro executado por tráfico de drogas na Indonésia tornou- se assunto de comoção nacional. A presidente Dilma que é de um partido que reivindica a separação entre Igreja e Estado recorreu ao Papa para tentar sanar a situação que a diplomacia brasileira não conseguiu.

Traficante brasileiro foi executado por tráfico de drogas na Indonésia.

Traficante brasileiro foi executado por tráfico de drogas na Indonésia.

A mídia explora o episódio à exaustão mas esquece de mencionar um fato importante ocorrido em 2013. À época o pastor Marco Feliciano era o deputado que presidia a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal e esteve no consulado da Indonésia para pedir o perdão da pena do traficante. A imprensa, no entanto, estava fissurada apenas em trazer para a pauta assuntos ligados ao universo gay , uma das únicas prioridadeS da CDH na gestão anterior a Feliciano.  Esta mídia que hoje se horroriza com a execução do brasileiro não deu a mínima para a sua situação em 2013.  Os jornalistas chegaram a perguntar ao deputado se aquele seria o melhor momento para pedir clemência por um condenado.“Existe tempo para pedir clemência? Isso e uma pergunta estúpida, não?”, perguntou indignado o parlamentar. “Não falo mais nada. Vocês [jornalistas] estão ultrapassando o meu limite de espaço. Eu estou aqui para um assunto sério e vocês estão de brincadeira”, registrou o jornal Tribuna  Hoje em março de 2013. Em vídeo publicado após a execução do traficante, Feliciano gravou um vídeo onde relembrou o episódio de escárnio da imprensa a ele é de desprezo ao condenado brasileiro na Indonésia. O pedido de clemência foi visto com bons olhos, mas Feliciano afirma que ao sair da CDH a nova presidência arquivou todos os trabalhos da gestão anterior , incluindo o diálogo avançado para libertar o prisioneiro. A Comissão de Direitos Humanos é a imprensa que foi cúmplice neste episódio deve retratação pela atitude hipócrita.

Veja vídeo de Marco Feliciano.

[youtube]http://youtu.be/UKxJ7aZBKAI[/youtube]

Recomendado para você