Ancoradouro

"Se queremos respeito, devemos respeitar", sentencia Dom Odilo sobre ato de militante na Parada Gay

427 5

Para os militantes não passou de uma performance cultural; para os críticos uma imagem que dividiu opiniões. A cena do transsexual seminu encenando uma espécie de crucificação foi montada sobre um trio elétrico rodeado de pessoas cantando, dançando, muitas delas alcoolizadas, em um evento promovido pela militância LGBT de São Paulo no último domingo.

Comentário de arcebispo é semelhante ao de milhões de brasileiros.

Comentário de arcebispo é semelhante ao de milhões de brasileiros.

O cardeal arcebispo de São Paulo foi ao ponto. “Se queremos respeito, devemos respeitar”. O pastor máximo da maior arquidiocese do Brasil ponderou que “quem sofre se sente como Jesus na cruz”. Mas advertiu: “é preciso cuidar para não banalizar ou usar de maneira irreverente símbolos religiosos, em respeito à sensibilidade religiosa das pessoas”.

Tem se tornado rotineiro nas manifestações gays escárnios e vilipêndios a símbolos caros à população brasileira. Na Parada Gay de 2012 imagens de santos católicos foram distribuídos na avenida em poses sensuais. Neste ano, na cidade de São Gonçalo do Amarante o padroeiro da cidade protagonizou o cartaz envolvido com uma bandeira que simboliza a promoção homossexual.

Flagrante desrespeito da militância LGBT aos cristãos.

Flagrante desrespeito da militância LGBT aos cristãos.

Lésbica critica “papelão” de transsexual

A postura da militância LGBT é criticada no próprio universo gay onde muitos concordam que o respeito deve reger as manifestações. A jovem Karol Eller,se diz lésbica e  publicou um vídeo criticando o “papelão ridículo” da transsexual. “Para ter respeito nós precisamos dar respeito“, disse a mulher que reiteradas vezes pediu desculpas aos cidadãos pela manifestação da militante.

Confira vídeo na íntegra

 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Um verdadeiro reconhecimento. Vejs o vídeo completo.

Posted by Magno Malta on Segunda, 8 de junho de 2015

Léo Moura : “Virou palhaçada”

O ídolo do Flamengo Léo Moura desabafou quando viu a imagem. “Que tristeza ver essa imagem! O que Jesus tem com isso? Quanto deboche! Quanta falta de respeito, meu Deus! Tenho muitos amigos gays, adoro todos e respeito a opção de cada um, não vamos generalizar, mas desrespeitar quem ‘deu a vida por você’ já passou dos limites! Muito triste isso… Onde vamos parar com isso? Quem fez isso trate de pedir perdão a Jesus…”

leo moura

O jogador ainda disse o que está entalado  na boca de milhões de brasileiros: “pedem respeito, mas não respeitam”. “Já virou palhaçada, passou dos limites”, finalizou.

Recomendado para você