Ancoradouro

RCC 40 anos] "Vivemos uma profecia por antecipação, ação do Espírito Santo", explica Moysés Azevedo sobre Renovação Carismática

746 1

Batismo no Espírito Santo, experiência pessoal e transformadora com Jesus Cristo, apelo a reenvangelizar os batizados, sair em missão, evangelizar com ousadia e criatividade.Todas estas expressões que hoje se tornam comuns na Igreja foram experimentadas na Igreja pelos membros da Renovação Carismática Católica, definida recentemente pelo Papa Francisco como “Corrente de graças”.

Moysés Azevedo. "Vivemos por antecipação esta profecia por ação do Espírito".

Moysés Azevedo. “Vivemos por antecipação esta profecia por ação do Espírito”.

“Quando a Igreja reflete hoje a importância do Querigma (Primeiro anúncio cristão) e a da experiência pessoal com Jesus Cristo, todos nós que nascemos desta corrente de graças que é o batismo no Espírito Santo [ e chamamos Renovação Carismática Católica] observamos  que vivemos uma profecia, sem mérito algum,ação do próprio Espirito Santo que deseja atualizar e renovar a Igreja. É com alegria que vemos esta experiência sendo confirmada e abraçada“, descreve Moysés Azevedo, fundador e moderador geral da Comunidade Católica Shalom. Moysés teve sua experiência com o batismo no Espírito Santo no início da década de 80.

Moysés esclarece que o batismo no Espírito ou efusão do Espírito, nada mais é senão, “uma experiência pessoal com Jesus Cristo capaz de transformar a nossa vida e por consequência, o mundo”. “O Papa Francisco insiste na necessidade desta  experiência pessoal com Cristo. E como  bispo assistente espiritual da RCC em Buenos Aires, o pontífice reconhece esta corrente de graças como um dom para a Igreja de hoje”, acrescenta o moderador.

Moysés em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Ceará.

Moysés em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Ceará.

Este reconhecimento  implica em uma “responsabilidade grande” . “Todos que experimentamos desta graça somos convidados para a nova evangelização. Temos o dever de continuar , de não perder o ânimo e perseverar até o fim nesta graça que não é nossa, mas da Igreja”, convoca o fundador.

Recomendado para você