Ancoradouro

Cearense compartilha na faculdade experiência de missão em Israel

“Os missionários na Terra Santa teriam três focos de trabalho: entrar na Igreja Local, abri-la para a universalidade e animar os lugares santos”, explicou Lorena Gadelha, Missionária da Comunidade Católica, aos alunos da disciplina Teologia da Missão, da Faculdade Católica de Fortaleza,nesta quarta-feira, dia 31.

Raquel, Padre Almir e Radameques.

Raquel, Padre Almir e Radameques.

Lorena é cearense e está em missão na Terra Santa há 14 anos.Apenas 2% da população é cristã. No local o Shalom já administrou um asilo para idosos árabes, cristãos e muçulmanos. Atualmente animam a Basílica de Nazaré e desenvolvem atividades de evangelização em grupos de oração e na paróquia.

Junto com ela estiveram também partilhando sobre a evangelização  fora do país Raquel e Radameques Ceccaci,com experiência em missão na Argélia e na França. 

Alunos da Faculdade Católica Shalom.

Alunos da Faculdade Católica Shalom.

Padre Almir Magalhães, diretor da Faculdade Católica de Fortaleza e professor de “Teologia da Missão” sugeriu  a aula de conteúdo prático. Foi interessante a partilha destes três missionários em lugares desafiantes”, classificou o sacerdote. 

Radameques comentou os desafios  na evangelização da Argélia, país de maioria muçulmana. Casado, atualmente o missionário está em missão na França, na cidade de Avignon. “Em cada missão existe um desafio, certamente é mais difícil evangelizar quem cortou de sua cultura o senso religioso”, avalia.

Equilibrar prudência e ousadia é o desafio exposto por Raquel,coisa possível a partir de uma vida de oração e escuta de Deus. “Conheci uma pessoa que ficou maravilhada ao ouvir o querigma( o anúncio fundamental da fé). As pessoas tem sede de Deus e devemos proporcionar esta experiência com Jesus Cristo“,comentou.

IMG_20160831_074337573

Além dos três missionários encontram-se em Fortaleza para retiro com o Governo Geral, representantes das missões da Comunidade Shalom presente em mais de sessenta cidades no Brasil e em mais de vinte e cinco países. O encontro internacional começa nesta quarta-feira, em Aquiraz. 

 

 

Recomendado para você