Ancoradouro

Xuxa pede prisão para padre; paroquianos se revoltam

A apresentadora Xuxa Meneghel comprou briga com paroquianos e admiradores do padre José Roberto Angelotto, pároco da Paróquia da Ressurreição, localizada em Ceilândia, no Distrito Federal. Em sua página no Facebook,  Xuxa recuperou um vídeo que mostra o sacerdote dando um “pedala Robinho” nas crianças na hora da Paz, durante a Missa. 

Xuxa no programa Clube da Criança.

Xuxa no programa Clube da Criança.

 

O vídeo que repercutiu na internet no começo de 2016 foi alvo de críticas da apresentadora que pediu a prisão do sacerdote. “Gente! Quem é esse padre? Pelo amor de Deus… lei menino Bernardo em cima dele, prendam esse homem autoridades [sic]”.

 Dos milhares de comentários publicados a maioria defendia o padre e criticava Xuxa. Muitas pessoas  recordaram à  apresentadora que exigiu punição para o padre o filme no qual ela gravou cena seminua com uma criança de doze anos acariciando-a nos seios. Isto, sim, deveria receber punição.

Fãs criticam Xuxa.

Fãs criticam Xuxa.

Em entrevista a Fábio Porchat Xuxa revelou como tratava as crianças nas gravações. “Eu nunca tratei criança com ‘tati bi tati’…Eu falo, quer sentar aí, senta; não quer, deixa o outro sentar”. A loira que já foi capa da Playboy no período áureo de seu trabalho infantil também contou ter  pisado no pé de uma criança que usava bota ortopédica em revide à uma ação da pequena. “Como adulta eu não deveria fazer isso, mas eu nunca acompanhei muito a minha idade”. O episódio foi relembrado com  chacota por entrevistador e entrevistada.

Mais sobre o padre em matéria publicada no site Metrópole

A reportagem do Metrópoles assistiu a Missa deste domingo (24/1). Conversou com fiéis e com dezenas de crianças. “É muito divertido. Ele não machuca a gente”, afirmou Nicolly Malheiro, 11. “Ele gosta de brincar”, acrescenta Bruno Amorim Parrião, 9 anos. Os “pedalas” acontecem sempre na hora dos agradecimentos e da benção. Mas não para por aí. No fim da missa, em vez de abençoar os visitantes com água benta, o padre usa um balde para molhar quem assiste à missa. É o que ele mesmo chama de “água viva”. Durante a homilia, opta pelo estilo mais informal na igreja. “Quem não tem o espírito de Jesus, está lascado”, diz aos fieis.

Neste domingo os vídeos que o levaram ao jornal Britânico “The Mirror” também foram assunto do discurso. “Tô famoso, saí na internet. Quem fez o vídeo, fez com ingenuidade, para mostrar para a família. Bem, Deus sabe o que faz. Nunca perdi uma noite de sono pelas coisas que são da vontade Dele”, afirmou durante a homilia.

O padre prefere não dar entrevista. Ele quer evitar aumentar mais ainda a repercussão adquirida após a divulgação do famoso vídeo, mas quem esteva na missa falou sobre a personalidade dele. Nascido em Campo Grande (MS), o pároco vem de uma família de religiosos. Tem um irmão padre e uma irmã freira.

A prática dos cascudos não afasta as crianças. Pelo contrário. Elas formam filas para receber a benção. Algumas colocam as mãos na cabeça, outras saem rindo. Há quem faça caras e bocas, mas todos voltam para as cadeiras contando aos pais o que padre falou.

Recomendado para você