Ancoradouro

Mais de 600 agentes estarão envolvidos no plano de segurança e mobilidade do Festival Halleluya

Órgãos públicos apresentaram arrojado plano para garantir o bem estar do público nos cinco dias de realização.

Festival Halleluya será realizado de 25 a 29 de julho.

 O  Halleluya é um dos maiores festivais do país, o mais solidário do Brasil. Para garantir o bem estar do  público que chega a mais de um milhão nas cinco noites de evento,  a organização conta com a parceria de órgãos públicos que viabilizam um plano arrojado  de segurança e mobilidade.

“A Comunidade Shalom mantém  parceria com os diversos órgãos do poder civil  para ajudar a cumprir a sua missão, a de colaborar para a construção da Cidade da Paz”, disse João Edson Queiroz, Assistente Geral da instituição que hoje está presente em 30 países. “Temos a esperança e a certeza de, mesmo em meio a  um cenário de violência, de que juntos, trabalhando com afinco a evangelização e a promoção humana nós transformaremos Fortaleza na Cidade da Paz”, finalizou.

Autoridades apresentaram plano de segurança e mobilidade.

O delegado chefe da divisão e planejamento da Polícia Civil Lúcio Pontes, informou que o 16º Distrito Policial, vizinho ao Condomínio Espiritual Uirapuru, onde acontece o Festival, funcionará em regime de plantão, inclusive no final de semana. O delegado ainda classificou o evento como tranquilo.

O Polícia Militar do Ceará contará com efetivo de 362 homens distribuídos em 26  viaturas, 30 motos e na cavalaria. “Dentre os eventos realizados em Fortaleza, o Festival Halleluya nos deixa bastante tranquilo pela sua proposta e isto nos faz ter menos trabalho”, pontuou o Tenente Coronel Jano Emanoel.  Uma novidade é que neste ano  o policiamento ostensivo no entorno do Ceu continuará até o final do evento. “Percebemos que mesmo após o final da programação muitas pessoas permaneciam na Arena principal, por isso resolvemos nesta edição distribuir nossos homens em dois turnos, o que garantirá a presença da PM até o final de cada noite de atividade do Halleluya”, explicou o Tenente Coronel.

Imprensa comparece em peso à Coletiva de um dos maiores festivais do país.

Também haverá posto de comando na entrada do evento e uma atenção especial aos horários de entrada e saída do público nas principais vias de acesso como a Alberto Craveiro e Silas Mungumba. Uma equipe da Cavalaria estará disposta no estacionamento por ser um local muito amplo. “ A Polícia Militar se alegra com a dimensão internacional que o Festival Halleluya tomou, por isso podem contar sempre com o apoio da corporação”, finalizou.

O Corpo de Bombeiros estará presente ao evento de forma preventiva para  garantir a segurança dos participantes, atendimento de quaisquer tipos de intercorrência pré-hospitalar  e nas vistoriais realizadas diariamente. Uma viatura de combate ao incêndio, uma de resgate estarão presente durante todo o evento mais um efetivo de 30 bombeiros nas cinco noites de atividades. “Certamente será um evento tranquilo”, desejou o Tenente.

A Autarquia Municipal de Trânsito- AMC garantiu a presença de 140 agentes entre operadores de tráfego e motociclistas divididos em quatro turnos. A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza – Etufor confirmou que 110 ônibus a mais estarão disponíveis, dentro da rota de treze linhas que passam pelo CEU.  As linhas extras são “expresso” saindo dos seis terminais de integração da capital.

O Festival Halleluya é realizado de  25 a 29 de julho, pela Comunidade Católica Shalom, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), em Fortaleza. O evento destaca-se por oferecer gratuitamente ao público, estimado em mais de um milhão de pessoas, nas cinco noites, uma maratona de atrações de shows, músicas, teatro, dança, arte, esportes radicais, games, além de dar espaço ao empreendedorismo e à solidariedade. Tudo distribuído nem uma área de 80 mil metros quadrados, que este ano foi reformulada para garantir mobilidade e dar ainda mais conforto aos participantes.

Recomendado para você