Ancoradouro

Questão do Enade induz à defesa do suicídio assistido

363 1

Neste domingo, dia 25,  o INEP aplicou em todo país  prova do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes – Enade.

Questão 28.

No Caderno 13 das perguntas sobre Teologia,  uma questão chamou atenção pela aparente defesa ao suicídio assistido, prática reprovada de uma forma geral pela bioética.

No enunciado, a questão apresentou uma notícia sobre a decisão do teólogo Hans Küng, excomungado na década de 90, pela prática.  “Hans Küng, um dos mais famosos teólogos contemporâneos – conhecido primacialmente pelas ideias progressistas na reinterpretação da tradição-, pretende escolher o caminho do suicídio assistido”, lê-se no trecho inicial da questão.

O enunciado seguiu-se de quatro afirmações para que o aluno posteriormente escolhesse entre as combinações que estivessem corretas de acordo com “o diálogo da Teologia com a Bioética, que assegura a dignidade humana”.

Problema que entre as combinações,  duas alternativas ( I e IV)  acenavam para o aspecto positivo da prática, coisa contrária à promoção da dignidade humana. Deste modo, em quaisquer das opções apresentadas, o estudante se obrigava a marcar opção favorável à prática.

Recomendado para você