Ancoradouro

Em casa paroquial, Eduardo Girão renuncia privilégios no Senado

O Senador diplomado Eduardo Girão está visitando as cidades para quais tinha viajado antes das eleições para agradecer os votos recebidos nas Eleições 2018. Na casa paroquial da cidade de Itapipoca o parlamentar assinou ofícios já encaminhados ao Senado abrindo mão de privilégios, entre eles, imóvel funcional, auxílio-moradia, auxílio-mudança, plano de saúde vitalício para o parlamentar e toda a sua família.

Eduardo Girão assina compromisso contra regalias no Senado.

“Temos consciência de que o papel do homem público é o de servir, dar o exemplo, e de que o salário de um senador já é uma boa remuneração e possibilita que muitas dessas despesas sejam pagas a partir dele”, justifica Girão. A economia nos oito anos de Casa vai gerar uma economia de 8 milhões de reais. “Não tenho ilusões: sei que esse gesto sozinho não irá mudar o país da noite para o dia, mas não posso ficar alheio a isso”.

Eduardo deixa um questionamento: “O cidadão brasileiro não possui mordomias, se sustenta com o seu salário. Por que o político, que deve servir, precisa de mordomias?“. Contudo, o senador acredita que “novos gestos podem ser inspiradores e, com o tempo, suscitem tanto mudanças na política do nosso país quanto maior representação e proximidade do povo com as instituições”, finaliza.

Recomendado para você