Ancoradouro

Shalom completa 37 anos de fundação. Os números impressionam.

4842 1

Jovens trocaram festa de formatura por uma expedição humanitária na Ilha de Chaves, no Pará, um dos locais mais pobres do país; na tragédia de Brumadinho foi o  único grupo religioso, a princípio, a ter  acesso às dependências do IML para consolar os familiares das vítimas da barragem; em Paris, na tragédia de Notre-Dame viram as chamas devorando a imponente Catedral de casa, se uniram aos franceses naquele momento de dor; em Moçambique começaram novo projeto, o de aplicação dos 12 passos para sobriedade a  moradores em situação de rua, além de diversas outras atividades naquele país Africano. Estas são apenas algumas das inúmeras obras  realizadas pela Comunidade Católica Shalom ao longos de seus 37 anos de fundação comemorados hoje.

https://www.instagram.com/p/BZJWn8-hNag/

9 de julho de 1982. Um grupo de jovens sob a liderança de Moysés Azevedo inauguravam, com a presença do Cardeal Aloísio Lorsheider uma lanchonete para evangelizar. Na cidade, havia poucos empreendimentos como na Igreja, na Igreja, nem pensar! Uma lanchonete para evangelizar, este era o princípio. O jovem podia recusar convite para uma missa ou retiro, mas não para comer um sanduíche com refrigerante. Tudo desculpa de Deus para formar o que entenderam como uma “companhia de pesca”, uma estrutura a serviço da Igreja para evangelizar, com novos métodos e novos ardor, o que nosso querido Papa Francisco chama hoje de Igreja em Saída.

https://www.instagram.com/p/BwLn6j8gnL7/

A semente cresceu, frutificou. Apesar do agir de Deus, como disse certa vez o Papa emérito Bento XVI – ao comentar os resultados de uma Jornada Mundial da Juventude  -,  não aparecer nas estatísticas, elas sinalizam a ação Divina. Atualmente são 94 missões da instituição, reconhecida pelo Vaticano como Associação Internacional Privada de Fieis.  O Shalom possui 68 Obras de Difusão, núcleos embrionários de uma possível Missão da Comunidade. A comunidade que nasceu em Fortaleza está presente em em 30 países (Brasil,Argélia, Tunísia, Madagascar, Cabo Verde,França, Guiana Francesa, Itália, Portugal, Espanha, Suíça,Londres, Alemanha, Hungria, Polônia, Toronto, Estados Unidos, Ásia, Israel,Paraguai, Uruguai, Equador, Peru, Chile, Bolívia, Moçambique,Argentina, Angola, Austrália, Suécia).

Em tempos de desafios vocacional para Congregações seculares a juvenil instituição possui em suas fileiras a serviço da Igreja e da humanidade 1.199 missionários da Comunidade de vida (entre consagrados e discípulos, sem contar os postulantes), 6.374 membros da Comunidade de Aliança, deste, 2.613 membros da Comunidade de Aliança em Fortaleza. Somente na Arquidiocese de Fortaleza são 29 Centros de Evangelização, sendo mais antigo o Shalom da Paz, na Aldeota, onde tudo começou. Seminaristas são 85 entre os que estão estudando e em estágio pastoral, padres perfazem o número de 47.

Os serviços onde trabalham os missionários do Shalom são os mais diversos. O objetivo é um só. Seja no coração da Igreja, em algum Pontifício Conselho ou casa São Francisco para moradores de rua; em cima do palco para uma plateia de milhares de pessoas, ou no serviço discreto da limpeza de um ambiente; nos grandes centros urbanos como Nova York, São Paulo e Inglaterra ou nas periferias geográficas. Evangelizar é o objetivo, das mais diversas formas, levar o homem de hoje a uma experiência fundamental com Jesus Cristo, o Ressuscitado que passou pela Cruz.

Fundador do Shalom, Moysés Azevedo, Papa Francisco, Cofundadora do Shalom, Maria Emmir Nogueira.

As comemorações em Fortaleza se darão nesta terça-feira, com Missa celebrada em Ação de Graças pelo aniversário no Shalom da Paz(Rua Maria Tomásia, 72, Aldeota), às 19h. Para conferir em outras missões acesse: https://comshalom.org/

 

Recomendado para você