Ancoradouro

“Decidida decisão”. Moysés Azevedo diz uma Palavra ao Shalom por ocasião de seu aniversário

2107 2

A Lanchonete criada para evangelizar cresceu tanto que, 37 anos depois, as comemorações de sua fundação precisou acontecer em locais simultâneos em Fortaleza, e em todas as missões onde está presente a Comunidade Católica Shalom. Sem dúvida, sempre marcante é a Celebração realizada no Shalom da Paz, onde tudo começou. Foi ao final da Santa Missa, presidida por padre Silvio Scopel, que o fundador da instituição, Moysés Azevedo, dirigiu uma palavra aos membros da Obra Shalom.

Assembleia na Missa do 9 de julho de 2019. Foto: Marciano

O blog transcreve a mensagem na íntegra mantendo o tom coloquial do pronunciamento:

Meus queridos irmãos, minhas queridas irmãs.

Hoje, nos Centros de Evangelização, nas Casas Comunitárias, nos Serviços da Comunidade, seja aos jovens, às famílias ou aos pobres, nos vários lugares onde a Comunidade está presente, no Brasil e no mundo inteiro, se eleva um grande louvor, um hino em ação de graças ao Bom Deus. Sim, Deus é Bom! E a sua misericórdia é eterna.

Moysés Azevedo, fundador da Comunidade Católica Shalom. Foto: Marciano

A bondade e a misericórdia de Deus quis constituir um povo, um povo frágil, um povo ferido, um povo limitado, mas um povo amado. Amado pelo próprio Deus. E é este amor que salva, é este amor que retira este povo do meio das trevas de onde habitava, que ilumina os seus olhos, que faz brilhar os seus olhos, capaz de transmitir este amor para muitos outros.

Foto: Marciano

Há 39 anos, aos pés de São João Paulo II o brilho da graça deste Carisma se fez notar,se fez como despertar. Há 37 anos, neste horário, esta comunidade, este carisma se transformou – podemos dizer -, em algo concreto, palpável, tocável, com a inauguração daquela lanchonete para evangelizar.

Foto: Marciano

Nós, sejamos generosos, continuamente generosos. Nós nos deixemos abrasar  por este fogo que hoje o Senhor derrama e continuará sempre a derramar. Nós nos deixemos santificar por este fogo, porque na nossa fragilidade, na nossa fraqueza nós contamos com a misericórdia de Deus, mas esta misericórdia produz na nossa vida frutos de conversão e de santidade.

Neste dia onde celebramos nossos 37 anos de Comunidade Católica Shalom, mais do que parabéns para este povo, mas louvor e glória para Deus. Na verdade, disposição, coragem e  renúncia para este povo, para viver a alegria desta vocação que lhe foi dada, deste chamado que lhe foi realizado em vistas da missão e da evangelização de muitos que nos esperam, e que só poderão ser alcançados se nós aprendermos a viver a nossa oferta de vida na oferta de Cristo, sendo estas Eucaristias vivas, estas âmbulas, como que ‘eucarustizando’ todos aqueles que nós encontramos e a quem somos enviados.

Ao final, Moysés pediu uma salva de palmas ao Senhor, seguida da oração de uma Ave Maria.

 

Recomendado para você