Ancoradouro

Campanha conta bastidores de pedido de casamento no Festival Halleluya

O primeiro Festival Halleluya do Leandro Silva foi em 2006, mas não aproveitava muito, voltava cedo. A partir de 2009 o evento começou a fazer parte de sua história. Sempre participou junto com os amigos. “O Halleluya foi para mim, muitas vezes, um momento de restauração”, conta o professor para a Campanha “Você Faz o Halleluya“.

Mas, sem dúvida, o evento mais marcante até hoje foi o de 2018, quando na arena principal do Halleluya, Leandro pediu a mão de Dágila, sua namorada, em casamento. O local não foi escolhido à toa, os dois se conheceram ali, no meio daquela multidão em 2015, através de amigos.

Festival Halleluya marcou a vida do casal.

Os dois são fãs da Banda Rosa de Saron. “Em todos os Halleluyas estamos presentes, especialmente nos shows do Rosa”. E foi durante o show da banda no ano passado que se deu o pedido. Tudo foi planejado por Leandro. “Pensei muito onde pedir, e uma amiga disse que deveria ser no Halleluya, pois aqui nos conhecemos”, conta. E assim aconteceu.

Casal conta para a Campanha “Você faz o Halleluya” bastidores deste dia emocionante.

Leandro preparou plaquinhas, levou amigos e familiares, montou tudo sem que Dágila percebesse. “Fico emocionada só em lembrar”, afirma Dágila que garantiu presença em mais um Halleluya, evento que marcou a vida do casal.

Casal é fã da Banda Rosa de Saron.

Leandro é catequista de Crisma na Paróquia Mãe Santíssima e o casal costuma frequentar a Missa pelos Enfermos no Shalom da Paz.

Durante as noites do Festival, o “Você faz o Halleluya” conta histórias de quem teve sua vida de alguma forma alcançada e transformada pelo evento, considerado um dos maiores do país.  A realização do Halleluya de forma gratuita só é possível graças à colaboração direta dos participantes em ações desenvolvidas nos dias do Festival.

A realização gratuita do Festival Halleluya só é possível graças à colaboração de cada participante.

As três principais formas de participar do “Você faz o Halleluya” é através do troco solidário, deixado na hora das compras nos caixas do evento; da promoção da lanchonete,  onde a cada combo comprado, mais 5 Reais leva um copo personalizado do Festival. A terceira forma é participando do Festival de Prêmios.

“A cada 25 Reais em compras durante o Halleluya, o participante recebe 1 cupom para concorrer diariamente a  assistir   shows do palco do Festival, tirar foto com artista, violão autografado pelos artistas e kits Halleluya”, detalha Tobias.

Os interessados também ajudam o evento comprando cadeira para assitir aos shows diretamente do Lounge Halleluya. Também existe a possibilidade de doações espontâneas para o evento através do site Festivalhalleluya.com no link DOE.

Recomendado para você