Ancoradouro

Padre Manzotti e Fábio de Melo homenageiam Gugu Liberato

A morte do apresentador Gugu Liberato, aos 60 anos,  após um acidente doméstico tomou a todos de surpresa. Padre Reginaldo Manzotti lamentou a partida inesperada do artista. “Hoje o Brasil perde um grande comunicador. Uma referência do entretenimento que nos trouxe muita alegria e com certeza deixou a sua marca na história da TV brasileira’, escreveu o sacerdote curitibano.

Gugu Liberato morreu aos 60 anos.

“Que Deus o receba de braços abertos. Descanse em paz, Augusto Liberato”, foram os votos do padre ao final da mensagem. Padre Fábio de Melo foi conciso, publicou uma imagem com a frase: “o silêncio também é homenagem“. A publicação obteve quase um milhão de likes e e milhares de comentários de condolências.

A morte de Gugu (Fonte: O Povo Online)

Foi confirmada na noite desta sexta-feira, 22, a morte do apresentador Gugu Liberato, em decorrência de acidente doméstico. A informação foi divulgada há pouco em nota na TV Record.

Ele estava em sua casa, localizada em Orlando, nos Estados Unidos, quando sofreu queda acidental de uma altura de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Um médico brasileiro confirmou a morte cerebral do apresentador. 

Gugu tinha 60 anos e deixa esposa e três filhos. A carreira de apresentador teve início nos anos 80, quando Silvio Santos o convidou para comandar a versão carioca do “Sessão Premiada”.

Recomendado para você