Ancoradouro

Fundador da Comunidade Raboni de Maria falece nesta segunda-feira

6900 1

Nesta segunda-feira, dia 6 de janeiro, Dia dos Santos Reis, faleceu Júnior Caçula , fundador da Comunidade Católica Raboni de Maria. A informação foi publicada nas redes sociais da instituição que lamenta a partida de seu guia espiritual. “É com este sorriso que nos despedimos de nosso pai, amigo, conselheiro. Obrigado por tudo fundador”, diz uma das mensagens .

Júnior Caçula faleceu nesta segunda-feira.

Júnior sofreu um infarto fulminante enquanto se dirigia para o ginásio poliesportivo da Parangaba, onde aconteceria a primeira Missa em favor dos enfermos do ano.  Ainda não há informações sobre os funerais do fundador.

Todos os dias, Júnior enviava uma mensagem matinal em referência à Virgem Maria. O blog publica abaixo a mensagem desta segunda-feira.

Mais sobre Júnior da Raboni, como era conhecido. (Fonte: site da instituição)

Antonio Caçula Rocha Junior, fundador da CRM nasceu em 06 de agosto de 1953, na cidade do Crato, ao sul do Ceará, nordeste do Brasil. Foi educado em colégios católicos em sua cidade Natal onde viveu por 16 anos. F

sua primeira Eucaristia no dia 14 de dezembro de 1958 e teve sua primeira confissão com o saudoso capelão de sua família, Padre Antonio Gomes de Araujo, nesse mesmo dia fez sua renovação das promessas do batismo e tornou-se associado da congregação de Nossa Senhora do Carmo recebendo o escapulário das mãos do Monsenhor Montenegro.

Foi crismado no dia 02 de fevereiro de 1954 ministrado pelo Exmo. Revdmo. Sr. D. Francisco de Assis Pires. Veio para a nossa capital, Fortaleza nos idos dos anos 70, onde cursou no colégio Estadual Aluno João Nogueira Jucá, até a 4ª série ginasial ( época ) indo concluir seu curso de contabilidade no colégio Fênix Caxeiral.

Em 1974 casou-se com a Sraª Noeme Maria Loiola Alencar Caçula  com quem teve três filhos, Kerma – Wides – Kerly.

Desde muito jovem trabalhou como vendedor de diversos seguimentos do mercado, continuando hoje como representante comercial auxiliado por seu irmão Manoel Wilton Alves Caçula e seu genro Celso Henrique Oliveira Costa, que casado com sua filha Kerly lhe presenteou com o tesouro Maria Clara, sua neta.

Em 1992, foi completamente seduzido por Deus e se deixou seduzir, continuando hoje a exercer o seu chamado à DEUS, amando total, geral e irrestritamente a Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana, e procurando ser-lhe fiel, exercendo o que Deus lhe confiou, o carisma principal de curar e libertar em nome do Senhor Jesus, pregando a palavra da salvação aonde lhe é possível. É ministro extraordinário da palavra e assim sendo, prega-a em suas celebrações na paróquia Bom Jesus dos Aflitos – Parangaba, nossa paróquia mãe.

Hoje reside em nossa capital de Fortaleza, onde exerce o pastoreio geral da CRM dando formações à outras comunidades, e no aconselhamento, onde afirma ele, tem a oportunidade maior de apresentar Deus à quem ainda não O conhece. Afirma o Junior como é conhecido, que “se não nos encontrarmos verdadeiramente com Deus, seremos apenas nós”.

 

Leia mais: http://m.comunidaderabonidemaria.webnode.com.br/nosso-fundador/

Recomendado para você