Artesanato da Mente

Use a intuição e seu magnetismo para servir

246 1

Gabriela Ciolini

Quero lhe levar a refletir junto comigo sobre um tema muito importante e pouco discutido, a SENSIBILIDADE. Infelizmente, vivemos em uma sociedade na qual as pessoas tem uma sensibilidade muito fraca e por conta disso muitas vezes acabam errando feio na vida, magoando as pessoas, sendo chatas, inconvenientes e por aí vai.

O grande segredo para aprendermos a sermos servidores de verdade está na INTUIÇÃO, desenvolver a nossa intuição para SENTIRMOS a real necessidade das pessoas em cada situação em que estamos inseridos. Para embasar nossa reflexão, compartilho algumas palavras da professora e escritora Cristina Cairo.

“Procure ajudar de maneira conveniente e educada, percebendo se é o momento certo e se não está invadindo a privacidade de ninguém. Já vi muita gente que se dedica a servir compulsivamente, como se tivesse de pagar seus pecados ou como se quisesse desesperadamente ser aceita ou reconhecida.

Tudo precisa de equilíbrio e de naturalidade. Assim, consulte as pessoas antes de tomar iniciativas, para saber se querem ser ajudadas e em quê. Use a intuição e seu magnetismo para servir.

Perguntar às pessoas se elas precisam de algum tipo de ajuda o auxiliará a servi-las corretamente naquilo de que elas precisam, e não no que você acha que as faria contentes.”

Cristina Cairo

Essas são palavras muito simples, mas de uma profundidade incrível. Não há um único ser humano na Terra que nunca tenha errado quanto a isso. Muitas vezes buscamos ajudar e acabamos levando as famosas “patadas” dos outros. Por que isso acontece? Porque não acessamos a nossa intuição! Porque não conseguimos sentir qual era a real necessidade da pessoa que estamos nos relacionando naquele momento, entende?

Vou falar a partir da minha própria experiência. Sou um cara que gosto muito de ouvir as pessoas e dar bons conselhos quando elas se mostram abertas para um bom diálogo. Eu já errei feio diversas vezes com relação a isso. Ouvia e logo em seguida já vinha praticamente com um discurso pronto dizendo que a pessoa deveria fazer isso, aquilo e aquilo outro. Por causa desse meu desejo de servir, já levei algumas “patadas” bem fortes. Mas eu aprendi com elas e busquei aguçar a minha sensibilidade.

Hoje, já não sou mais assim, primeiro eu sinto a energia da pessoa que está comigo. Isso é um exercício, logicamente você pode desenvolver isso, mas requer tempo e uma boa dose de conexão com você mesmo, ou seja, o autoconhecimento. Quanto mais você conhece a você mesmo, mais se torna fácil sentir a energia das pessoas que se aproximam de você.

Então eu faço isso. Sinto a energia das pessoas e facilmente consigo perceber quando elas estão se dando abertura para uma boa conversa e para receberem conselhos e dicas com abertura de mente. Já quando eu sinto haver algum fechamento da pessoa, eu faço duas coisas, ou falo o que eu quero de um jeito bem livre e sutil, de forma que a pessoa pensa no que eu digo sem achar que estou querendo ajudá-la. Isso é tão bacana meus amigos! Isso requer criatividade. Experimente! É muito legal.

A outra coisa é simplesmente não tocar no assunto, falar de algo banal, algo do dia a dia, como numa conversa corriqueira sem aprofundamentos de nenhuma natureza. Assim, posso estar na presença das outras pessoas sem ser um chato, ou o “senhor Messias”, como já falei em outro texto [link aqui], que são aquelas pessoas com o sério problema de achar que todos que se aproximam delas estão querendo algum conselho ou uma solução definitiva para os seus problemas. Calma meu amigo! A coisa não é bem por aí não? Vamos baixar a bola? Muitas vezes as outras pessoas querem apenas alguém para jogar conversa fora ou apenas para ouvir sem dar nenhum tipo de pitado, principalmente as mulheres.

Isso que estou colocando aqui é um exercício para a vida toda. Certamente eu e você e qualquer outra pessoa falharemos em alguns momentos, mas tudo serve de aprendizado e amadurecimento.

Pense sobre isso e passe a usar a intuição e seu magnetismo para servir…

 

 

Recomendado para você