Artesanato da Mente

A leitura nos dá acesso aos tesouros do espírito humano

 “A educação é uma luta que lida diretamente com os aspectos mais essenciais do que significa ser humano. Não é demais dizer que somente através da educação nos tornamos genuína e completamente humanos. O propósito da educação é formar, incentivar, aprofundar e aperfeiçoar nossa humanidade. Em minha opinião, a educação deve servir para conferir às pessoas a capacidade de se envolver no trabalho, de criar valor para si mesmo e para a sociedade como um todo. Ela deve estimular, fazer vir à tona e libertar as possibilidades escondidas dentro das pessoas.”

******

“A leitura nos dá acesso aos tesouros do espírito humano – de todas as épocas e de todas as partes do mundo. Aquele que os conhece possui uma riqueza insuperável. É como possuir muitos bancos dos quais fazemos retiradas ilimitadas. E aqueles que experimentam esse prazer, que veem livros como amigos, são fortes.”

Daisaku Ikeda

******

Essas duas passagens desse grande filósofo japonês me levaram a refletir sobre a maravilha que é poder acessar a sabedoria imensa contida nos livros e que só podemos acessar se formos bem direcionados, se tivermos uma boa educação.

Talvez alguém até se questione: “Mas hoje em dia tem quase tudo na internet. Quem quiser, basta pesquisar e estudar que pode aprender muito”. Esse é um pensamento perigoso e bastante reducionista, pois só de pensar na própria internet em si já temos um impeditivo para milhões de pessoas.

Não sei os números exatos, mas no Brasil ainda existem milhões de pessoas sem internet, e um número gigantesco das que tem acesso, leem ou navegam a partir do celular, e não de computadores. E isso faz uma grande diferença. Uma coisa é você ler em um computador, no qual pode digitar com velocidade e aproveitar de uma série de recursos que os celulares não oferecem, outra é você ler e pesquisar por uma telinha com umas 3 polegadas.

Sem contar que para se estudar por conta própria na internet é preciso ser um autodidata, o que nem todos conseguem ser. As pessoas que são autodidatas são muito inteligentes e se você observar bem é provável que elas tiveram durante o período escolar uma boa base em suas formações.

Resumindo tudo, precisamos ter uma Educação de qualidade, que tenha esses princípios levantados pelo Daisaku Ikeda. Reforço o que ele diz sobre a educação fortificar nossa humanidade. Nessa hora, gosto de citar o que aprendi ouvindo o querido Eduardo Marinho. Ele costuma dizer nos seus vídeos que quanto mais uma pessoa sabe e tem conhecimento, mais humilde ela deve ser e maior a dívida que ela tem com a sociedade.

Se eu tenho mais conhecimento, é algo vergonhoso eu ficar com ele apenas para mim. O conhecimento existe para ser propagado, para ser expandido, para ser compreendido por um número cada vez maior de pessoas.

O conhecimento é como o amor, quanto mais você o oferece, mais você recebe, mais você ganha, mais você fica feliz.

Inclusive já comentei em textos passados que muitas vezes conheço novos autores, livros interessantes, bons canais do youtube ou podcasts, através dos comentários que são deixados pelos leitores. Essa é a magia ligada ao conhecimento, à Educação e a essa troca tão linda que se dá quando compartilhamos nossos conhecimentos.

O conhecimento e a sabedoria que dele deriva é o maior tesouro que podemos ter, porque ele não é tirado de nós. Dinheiro, poder, status, fama, luxo, bens materiais, tudo isso é passageiro, um dia se acaba, se deteriora, fica esquecido, já o conhecimento tem a possibilidade de perdurar por séculos, quiçá milênios. Veja por exemplo os livros sagrados de diversas religiões, que existem há milênios e continuam iluminando nossas vidas!…

Que essa breve reflexão estimule ainda mais o seu desejo de crescer não apenas em conhecimento, mas em sabedoria de vida, fazendo o que disse o Daisaku Ikeda, que é aperfeiçoar sua humanidade, levando esse conhecimento para o dia a dia, para o trabalho, para a sociedade e para o desenvolvimento das outras pessoas…

Recomendado para você