Asas e Flaps

A Ferrari dos ares, o avião executivo italiano Piaggio 180 Avanti II, com DNA Ferrari, é o turboélice mais rápido do mundo

689 2

“Ele faz jus ao sobrenome”, diz Rogério Montavão, diretor-presidente da Algar Avation, empresa que representa a Piaggio no Brasil. De acordo com o executivo, o principal diferencial do avião italiano é seu desempenho, que se assemelha ao de um jatinho, mesmo sendo impulsionado por um sistema turboélice. Isso faz com que a aeronave tenha consumo cerca de 30% menor do que o de um avião a jato.

O Piaggio, que transporta até nove passageiros, tem alcance de 2.700 quilômetros, voa a 41 mil metros de altura e atinge 745 km/h de velocidade máxima. Mas não é só no desempenho que o modelo impressiona. Por dentro o espaço é muito bem aproveitado para tornar a viagem dos passageiros o mais confortável possível.

O Piaggio acomoda bem até nove passageiros

Até por isso o cockpit é menor do que o de outras aeronaves do mesmo porte. Mesmo assim acomoda bem e de maneira organizada todos os comandos. As informações de altitude, localização e navegação são exibidas em telas planas de LCD, assim como os indicadores dos sistemas anticolisão (TCAS) e o sensor de proximidade do solo (TAWS).

No espaço reservado aos passageiros, a empresa oferece diversos layouts de acomodações com outras tantas possibilidade de decoração, deixando a dura tarefa da personalização aos proprietários. A lista de opcionais do Piaggio P180 é extensa e possui até acesso à internet banda larga.

A expectativa da Algar Aviation é vender cinco modelos até 2014. Pode parecer uma meta baixa, mas quando se trata de um produto de R$ 7,1 milhões, não é. Para facilitar a operação, a empresa comprou uma unidade que está sendo usada em demonstrações com clientes e em feiras de aviação. Até agora, o único brasileiro proprietário da aeronave é o piloto Felipe Massa, que usa o Piaggio P180 Avanti II para cumprir o extenso e agitado calendário da Fórmula 1.

Fonte: IG

http://www.youtube.com/watch?v=29GkodswBWM