Asas e Flaps

Helicóptero faz pouso de emergência em SP 12 minutos após decolar

100013_ext_arquivo

Um helicóptero que pertence a uma indústria paulista fez um pouso de emergência às 10h40 desta quarta-feira (21) em um canteiro da marginal Tietê, zona norte da São Paulo, próximo à ponte da Casa Verde. O pouso ocorreu 12 minutos após a decolagem, realizada no aeroporto Campo de Marte, também na zona norte.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, nem o piloto nem o mecânico que o acompanhava se feriram. Os nomes deles não foram divulgados. O pouso aconteceu no gramado localizado na alça de acesso da ponte da Casa Verde, no sentido Ayrton Senna, em uma área isolada onde funciona uma estação de bombeamento da prefeitura.

O helicóptero é do modelo Colibri e prefixo PR-IVE. A aeronave pousou na posição normal. As hélices e a cauda tocaram, aparentemente, uma mureta de concreto e ficaram avariadas.

Segundo a Infraero (estatal que administra os aeroportos públicos), a aeronave pertence à empresa Ibar Ltda. –Indústrias Brasileiras de Artigos Refratários. A reportagem fez contato com a empresa, que confirmou a posse do helicóptero, mas não forneceu outros detalhes sobre o caso.

Conforme a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a marginal não teve nenhuma faixa interditada devido à ocorrência. O acúmulo de curiosos, no entanto, chegou a gerar lentidão de quase 3 km na pista local, sentido zona leste, às 11h20.

Pouso evitou “tragédia”, diz capitão dos bombeiros

Em entrevista à rádio BandNews FM, o capitão do Corpo de Bombeiros Carlos Duvernay afirmou: “Foi um pouso forçado para evitar uma tragédia”, disse Duvernay, referindo-se ao fato de o helicóptero não ter aterrissado nas pistas.

“[O pouso forçado] Foi em razão de alguma pane que pode ter ocorrido, mas esses são detalhes que serão colhidos posteriormente, pela perícia”, concluiu o capitão.

Fonte: http://www.tribunahoje.com/noticia/73181/brasil/2013/08/21/helicoptero-faz-pouso-de-emergencia-em-sp-12-minutos-apos-decolar.html